domingo, 20 de abril de 2014

The Grease Band - Grease Band & Amazing Grease

Cover
Banda: The Grease Band
Disco: The Grease Band & Amazing Grease
Ano: 1991(*)
Gênero: Blues Rock, Boogie Rock, Classic Rock
Músicas:
1. My Baby Left Me (Crudup) 3:07
2. Mistake No Doubt (McCullough) 4:23
3. Let It Be Gone (McCullough) 4:33
4. Willie And The Pig (McCullough) 4:14
5. Laughed At The Judge (?) 5:25
6. All I Wanna Do (McCullough) 3:58
7. To The Lord (Grease Band) 4:18
8. Jesse James(**) (Grease Band) 4:51
9. Down Home For Momma (?) 6:30
10. The Visitor (McCullough) 2:38
11. New Morning (Dylan) 4:33
12. Reminiscing (Hubbard) 5:11
13. Pont Ardawe Hop (Spenner) 3:52
14. Dwoogie (McCullough) 3:14
15. Blue Monday (Domino, Bartholomew) 2:22
16. Mandolin Song (McCullough) 4:58
17. Honky Tonk Angel (Thomson) 4:54
18. Rock 'N' Roll Rodeo (McCullough) 2:32
Créditos:
Henry McCullough: Guitar, Vocals
Alan Spenner: Bass, Vocals
Neil Hubbard: Guitar, Backing Vocals
Bruce Rowland: Drums, Percussion, Harmonium Vocals, Backing Vocals
Músicos adicionais:
Phil "Harmonious" Plonk: Keyboards, Piano, Accordian
Chris Stainton: Keyboards
Mick Weaver: Keyboards
Terry Stannard: Drums
Mel Collins: Soprano Saxophone, Tenor Saxophone
(*) O CD abrange os dois discos da banda, lançados em 1971 e 1975, remasterizados.
(**) Em alguns discos, o nome da música aparece como "Jessie James".
P
Biografia:
A Grease Band foi uma banda de rock que se desenvolveu ao largo do seu trabalho com Joe Cocker. O grupo gravou dois discos na década de 70, e ficou mais conhecido por sua performance na canção dos Beatles, "Whit A Little Help From My Friends", com Joe Cocker, no Festival de Woodstock, em 1969. No que diz respeito ao seu álbum homônimo, o resenhista Joe Viglione (nota minha: do site AllMusic) disse: "...embora isso esteja longe de ser comercial, é importante como documento da mágica que esses caras fizeram por trás de Joe Cocker, em 1969, e de Marianne Faithfull, em meados dos anos 70. ...Gravado em Londres, é material clássico, e 100 anos após a sua realização, não há dúvida de que será respeitado pelo registro histórico e cuidadoso que ele é".
1Os teclados ficaram a cargo de Chris Stainton, outro homem nascido em Sheffield (conhecido por seus amigos como Robin), que realizou várias turnês com Eric Clapton. Allan Spenner ocupou o baixo e continuou a tocá-lo depois na banda de soul Kokomo, do Reino Unido, com o guitarrista Neil Hubbard. Há rumores de que Spenner foi o primeiro músico branco a gravar na Motown Records (nota minha: os rumores, ao que parece, são falsos; segundo sustenta o baixista John Barry, em sua página no MySpace, Joe Massena e Bob Babbitt, ambos baixistas da Funk Brothers, eram brancos e tocaram na gravadora antes de Spenner). O baterista Bruce Rowland juntou-se mais tarde à Fairport Convention, no período de 1975 a 1979. Henry McCullough foi o guitarrista solo, um papel que ele desempenhou depois na Wings, de Paul cCartney, e, atualmente, permanece na ativa em carreira individual (Wikipedia; tradução livre do inglês).

Observação: a tradução acima, que fiz com algum esforço, foi literalmente copiada, inclusive com as notas de esclarecimento que inseri, entre parêntesis, no texto, pelo blog Muro do Classic Rock, como se pode ver aqui, citando, como fonte, a Wikipedia. Ora, a Wikipedia contém a biografia da banda em inglês, não em português. Quem fez a tradução para a português, repito, fui eu, e desconheço outra. Fiz um comentário lá, reclamando da falta de ética em não citar a fonte da tradução, mas, logicamente, o meu comentário não foi publicado. Fica o registro da apropriação antiética.

4 comentários:

SEM NOME MESMO disse...

Amigo,
Fiz um comentário nesse post aqui

http://www.olhovivo.ca/musica/531/blogueiros-alex-sala-e-o-muro-do-classic-rock/

A respeito de um chupão da internet que vangloria-se de estragar o trabalho alheio
Perdoe-me por citar este post sem pre´via autorização, mas como vc mesmo o colocou visivel, tornou público.
Obrigado e mantenha o bom e honesto trabalho

Musicômano disse...

Sem problema, SEM NOME MESMO. Até porque certas pessoas merecem mesmo ser desmascaradas. Um abraço.

Celso Loos disse...

Hehe,
O problema de fazer repost sem que ele seja tratado como um novo post é esse: o de ter que repassar por alguns dissabores, como o do classic chupão do rock and roll.

Mas passei aqui por outro motivo:

Se vc gostou do Alabama Shakers,voce vai gostar do The Droppers, que lançaram um single esta semana no Itunes e vc pode pegar comigo aqui.

Aproveite antes que eu morra também
(ao menos é isso que meu oncologista diz há 10 anos)

http://s000.tinyupload.com/index.php?file_id=07553629481450776768

Abração

Musicômano disse...

Eu até poderia ter retirado a observação. Afinal, já faz bastante tempo que isso aconteceu. Mas fiz questão de deixá-la para que as pessoas possam avaliar com quem estão lidando. Estou pegando o single. Um abraço, Celso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...