sábado, 31 de dezembro de 2016

Lynyrd Skynyrd - The Complete Muscle Shoals Album

Banda: Lynyrd Skynyrd
Disco: The Complete Muscle Shoals Album
Ano: 1998(*)
Gênero: Southern Rock, Country Rock
Faixas:
1. Free Bird [Original Version] [Previously Unreleased] (Allen Collins, Ronnie Van Zant) 7:26
2. One More Time [Original Version] (Gary Rossington, Ronnie Van Zant) 5:04
3. Gimmie Three Steps [Original Version] (Allen Collins, Ronnie Van Zant) 4:09
4. Was I Right Or Wrong (Gary Rossington, Ronnie Van Zant) 5:25
5. Preacher's Daughter (Rickey Medlocke, Ronnie Van Zant) 3:40
6. White Dove (Rickey Medlocke) 2:58
7. Down South Jukin' (Gary Rossington, Ronnie Van Zant) 2:14
8. Wino [Original Version] [Previously Unreleased] (Allen Collins, Rickey Medlocke, Ronnie Van Zant) 3:16
9. Simple Man [Original Version] [Previously Unreleased] (Gary Rossington, Ronnie Van Zant) 5:25
10. Trust [Original Version] (Allen Collins, Ronnie Van Zant) 4:14
11. Comin' Home [Original Version] (Allen Collins, Ronnie Van Zant) 5:30
12. The Seasons (Rickey Medlocke) 4:11
13. Lend A Helpin' Hand (Allen Collins, Gary Rossington, Ronnie Van Zant) 4:22
14. Things Goin' On [Original Version] (Gary Rossington, Ronnie Van Zant) 5:12
15. I Ain't The One [Original Version] [Previously Unreleased] (Gary Rossington, Ronnie Van Zant) 3:38
16. You Run Around [Previously Unreleased] (Rickey Medlocke) 5:39
17. Ain't Too Proud To Pray [Previously Unreleased] (Rickey Medlocke) 5:26
Créditos:
Ronnie Van Zant: Vocals
Allen Collins: Guitar, Acoustic Guitar
Gary Rossington: Guitar, Acoustic Guitar
Billy Powell: Piano
Ed King: Bass, Guitar
Tim Smith, Cassie Gaines, Jo Billingsley, Leslie Hawkins: Backing Vocals
Rickey Medlocke: Drums, Vocals, Mandolin, Backing Vocals
Greg Walker: Bass, Backing Vocals
Larry Junstrom: Bass
Leon Wilkeson: Bass, Backing Vocals
Bob Burns: Drums
Wayne Perkins: Guitar
Gimmer Nichols: Acoustic Guitar
Randy McCormick: Mellotron
Jimmy Johnson: Guitar
Ronnie Eades: Saxophone
(*) Canções gravadas em 1971 e 1972.
Biografia:
Formada em Jacksonville, Flórida, EUA, em 1964, essa banda de hard e boogie rock pegou seu nome – adulterando-o ligeiramente – de Leonard Skinner, professor de Educação Física (nota minha: da Robert E. Lee High School, de Jacksonville, Flórida, notório por se opor aos cabelos compridos dos alunos. Segundo a Wikipedia, Gary Rossington, membro da banda, abandonou a escola cansado da perseguição de Skinner por causa de sua melena).
O lineup inicial englobava Ronnie Van Zant (nascido em 15 de janeiro de 1948, em Jacksonville, Flórida, EUA, e morto em 20 de outubro de 1977; vocais), Gary Rossington (nascido em 4 de dezembro de 1951, em Jacksonville, Flórida, EUA; guitarra), Allen Collins (nascido em 19 de julho de 1952, em Jacksonville, Flórida, EUA, e morto em 23 de janeiro de 1990; guitarra, ex-Mods), Larry Jungstrom (baixo) e Bob Burns (bateria, ex-Me, You & Him), um quinteto que se conheceu por afinidades com o beisebol. O grupo tocou sob várias denominações: Noble Five, Wildcats, Sons Of Satan e My Backyard, e lançou o single "Need All My Friends", em 1968, antes de adotar o nome que o consagrou. Após excursionar por vários estados sulistas no final dos anos 60, a Lynyrd Skynyrd lançou o single "I've Been Your Fool", em 1971, não sem antes gravar algumas demos em Sheffield, Alabama.
Al Kooper descobriu a banda em Atlanta, no ano de 1972, enquanto procurava novos talentos para sua gravadora, Sounds Of The South. Contratado por US $9000, o grupo perdeu Jungstrom (que passou a trabalhar na .38 Special, ao lado de Donnie Van Zant, irmão de Ronnie), substituído por Leon Wilkeson (nascido em 2 de abril de 1952, nos Estados Unidos, e morto em 27 de julho de 2001, na Flórida, EUA).
Kooper produziu o primeiro disco da banda, "Pronounced Leh-Nerd Skin-Nerd", que contou com Ed King (tocando baixo no lugar de Wilkeson, que se afastou durante seis meses), ex-Strawberry Alarm Clock, e Billy Powell (nascido em 3 de junho de 1952, em Corpus Christi, Texas, EUA; teclados). A formação com três guitarristas chamou bastante atenção, em grande parte graças às apresentações da banda em turnê da Who, e a combinação de blues, country bodegueiro e boogie mostrou-se revigorante. A grandiosa "Free Bird" (um cântico homenageando Duane Allman) apresentou um soberbo desfecho de guitarras, e a importância e a vivacidade da música acabaram ratificadas por suas frequentes reaparições nas paradas, futuramente. Em 1974, o single "Sweet Home Alabama" – uma divertida e sincera resposta a Neil Youg, que criticara as tradições sulistas nas músicas "Southern Man" e "Alabama" – propiciou à banda seu maior êxito americano. Após o lançamento do álbum "Second Helping" (contendo a canção "Sweet Home Alabama"), Bob Burns cedeu as baquetas a Artimus Pyle (nome verdadeiro: Thomas Delmer Pyle, nascido em 15 de julho de 1948, em Kentucky, EUA).
A banda agora era famosa tanto por sua conduta desregrada quanto por sua música, e Ed King se tornou a primeira vítima dos excessos ao ir embora em maio de 1975 (os Van Zant se transformaram em frequentadores assíduos das páginas dos jornais, envolvidos em brigas de bar e confrontos com a polícia). "Gimme Back My Bullets" surgiu em março do ano seguinte, produzido pelo experimentado Tom Dowd.
Em setembro de 1976, Rossington machucou-se num acidente de carro, ao tempo em que Steve Gaines (nascido em 14 de setembro de 1949, em Seneca, Missouri, EUA, e morto em 20 outubro de 1977) chegava para ocupar o posto de King. Empilhando discos de ouro a cada ano e lidando com uma agenda de turnês sempre com casas cheias, a banda sofreu um revés irreparável no encerramento de 1977. Em 20 de outubro daquele ano, Van Zant, Gaines, sua irmã Cassie (uma das três vocalistas de apoio da banda) e o empresário Dean Kilpatrick morreram quando o avião em que viajavam – de Greenville, Carolina do Sul, para Baton Rouge, Lousiana – caiu perto de McComb, Mississippi. Rossington, Collins, Powell e Wilkeson ficaram gravemente feridos, mas se recuperaram.
No mesmo mês do infortúnio, o novo álbum, "Street Survivors", foi recolhido das lojas, pois apresentava uma capa involuntariamente tétrica, retratando os integrantes do grupo cercados por chamas. Com seu lineup devastado, a banda dispersou-se e os membros remanescentes, exceto Pyle, integraram-se à Rossington Collins Band.
Em 1987, a Lynyrd Skynyrd reagrupou-se para uma turnê, com Rossington, Powell, Pyle, Wilkeson e King, aos quais se somaram o vocalista Johnny Van Zant (nascido em 27 de fevereiro de 1959, em Jacksonville, Flórida, EUA), irmão de Ronnie, e o guitarrista Randell Hall. Uma de suas performances rendeu, em 1987, o disco duplo "Southern By The Grace Of God". Collins já se encontrava paralítico devido a um desastre automobilístico ocorrido em 1986, que ocasionou também a morte de sua namorada. E quando ele morreu, em 1990, de pneumonia, a trágica sina da banda apenas se confirmou.
De qualquer forma, o grupo continuou se apresentando e gravando, depois de desembaraçar-se das complicações legais acerca da utilização do nome Lynyrd Skynyrd, em face de demandas judiciais instauradas pela viúva de Van Zant. O evento mais espetacular dessa reencarnação da Lynyrd Skynyrd foi o show ao vivo, comemorativo do 20° aniversário da primeira apresentação da banda, transmitido ao vivo por um canal de televisão a cabo, em fevereiro de 1993, apresentando Rossington, Powell, Wilkeson, King e Johnny Van Zant, acompanhados por convidados, entre eles Peter Frampton, Brett Michaels (Poison), Charlie Daniels e Tom Kiefer (Cinderella, que também compôs novas músicas em parceria com Rossington). Rossington assumiu a liderança do grupo, completado por Rick Medlocke (guitarra e vocais; ex-Blackfoot), Hugh Thomasson (nome verdadeiro: Hugh Edward Thomasson Jr., nascido em 13 de agosto de 1952, nos Estados Unidos, e morto em 9 de setembro de 2007, em Brooksville, Flórida, EUA; guitarra e vocais, também pertencente à Outlaws) e Michael Cartellone (bateria; ex-Damn Yankees), que seguiu gravando valiosos discos no novo milênio, através da gravadora CMC International, e permanecendo como uma grande atração no circuito dos shows ao vivo  (The Encyclopedia Of Popular Music. Compiled and edited by Colin Larkin. New York: Omnibus Press, 2007, pp. 885-6; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...