terça-feira, 4 de outubro de 2016

Leaf Hound - Discografia essencial

Banda: Leaf Hound
Gênero: Hard Rock

Disco: Growers Of Mushroom [Bonus Tracks]
Ano: 2005(*)
Faixas:
1. Freelance Fiend (French, Halls) 3:10
2. Sad Road To The Sea (French, Halls) 4:16
3. Drowned My Life In Fear (Ross) 3:00
4. Work My Body (S. Brooks, D. Brooks, French) 8:11
5. Stray (French, Halls) 3:48
6. With A Minute To Go (S. Brooks, D. Brooks, Halls, French, Young) 4:18
7. Growers Of Mushroom (French, Halls) 2:17
8. Stagnant Pool (Brooks, French) 3:58
9. Sawdust Caesar (S. Brooks, Halls, French) 4:30
10. It's Gonna Get Better [Single B-Side, 1971] [Bonus Track] (French, Halls) 3:05
11. Hipshaker [Fisrt released in Repertoire CD, 1994] [Bonus Track] (French, Halls) 3:32
Créditos:
Pete French: Vocals
Mich Halls: Lead Guitar
Derek Brooks: Guitar
Stuart Brooks: Bass
Keith George Young: Drums
(*) LP lançado originalmente em 1971.
http://bit.ly/2dFMCgK
Disco: Unleashed
Ano: 2007
Faixas:
1. One Hundred And Five Degrees (4:37)
2. Barricades (4:55)
3. The Man With The Moon In Him (5:31)
4. Nickels And Dimes (5:49)
5. Stop, Look And Listen (6:01)
6. Overtime (3:23)
7. Too Many Rock 'N' Roll Times (3:59)
8. Deception (6:14)
9. Breakthrough (7:26)
Músicas de autoria de Peter French e Luke Rayner, salvo "Breakthrough", composta por Vincent Crane e Pat Darnell.
Créditos:
Peter French: Vocals
Luke Rayner: Guitars
Ed Pearson: Bass
Jimmy Rowland: Drums
http://nsfw.in/Zgo
Disco: Roadburn
Ano: 2007
Faixas:
1. Stagnant Pool (Brooks, French) 4:44
2. Drowned My Life In Fear (Ross) 3:12
3. Overtime (French, Rayner) 3:40
4. Sad Road To The Sea (French, Halls) 6:30
5. Too Many Rock 'N' Roll Times (French, Rayner) 4:43
6. Freelance Fiend (French, Halls) 5:31
7. The Man With The Moon In Him (French, Rayner) 6:10
8. Growers Of Mushroom (French, Halls) 6:54
Créditos:
Pete French (Frenchie): Vocals
Luke Rayner: Rhythm & Lead Guitars
Ed Pearson: Bass Guitar
Jimmy Rowland: Drums
Gravado ao vivo no Roadburn Festival, em Tilburg, Holanda, no dia 22 de abril de 2006.
http://tiny.cc/7qiify
Disco: Live In Japan
Ano: 2013
Faixas:
1. Barricades (French, Rayner) 5:09
2. Freelance Fiend (French, Halls) 5:15
3. Work My Body (S. Brooks, D. Brooks, French) 7:18
4. Stop, Look And Listen (French, Rayner) 5:38
5. With A Minute To Go (S. Brooks, D. Brooks, Halls, French, Young) 5:40
6. One Hundred And Five Degrees (French, Rayner) 4:12
7. Evil (Burnett) 4:46
Créditos:
Peter French: Vocals
Luke Rayner: Guitars
Peter Herbert: Bass
Jimmy Rowland: Drums
Gravado ao vivo no Fever, em Shin-daita, Tóquio, Japão, nos dias 27 e 28 de julho de 2012.

Resenha/Biografia:
Um álbum de hard rock. O lançamento da Decca, particularmente, é ultrarraro e muito procurado por colecionadores do gênero. Na verdade, talvez seja, na era do rock progressivo, o disco mais caro lançado por uma grande gravadora.
O vocalista da banda, Pete French, um londrino da zona sul, tocou com seu primo Mick Halls em vários grupos de rock e blues - Switch e Joe Poe, entre outros - antes de juntar-se a Bob Brunning para formarem a Brunning Sunflower Blues Band. 
Em 1969, French transferiu-se para a Black Cat Bones e Halls seguiu-o mais tarde. Então, no segundo semestre de 1970, ambos desenvolveram a Leaf Hound. 
O nome do álbum é muito enganador. Quem esperava um clássico do acid rock, com base no título e na capa do disco lançado no Reino Unido, certamente decepcionou-se. Trata-se de hard rock no modelo Led Zeppelin, que só se mostra atraente aos admiradores do gênero. De qualquer maneira, a voz de French é idealmente crua e forte para encarar o tipo de música ali tocada, e o álbum está repleto de incisivos trabalhos de guitarra, a cargo de Mick Halls e seus colegas. Isso é particularmente visível nas faixas "Drowning My Life In Fear", "Stagnant Pool", "Sad Road To The Sea" e "A Minute To Go", mas não há canções fracas no disco.
Durante sua curta duração, a Leaf Hound excursionou pela Alemanha e seu disco foi licenciado para a gravadora Telefunken, que o lançou em solo alemão antes da sua comercialização em terras britânicas. 
Inexplicavelmente, o lançamento alemão cortou duas canções: "Freelance Fiend" e a faixa-título, mas, em compensação, ofereceu, encartado, um poster da banda. A Telefunken também lançou, em compacto simples, uma das faixas mais fortes do disco, "Drowned My Life In Fear", acompanhada de uma música descartada do LP, "It's Going To Get Better" (...), em 1971, ilustrado pela imagem da banda na capa. O compacto da Telefunken foi plagiado há alguns anos atrás. Depois de sair da Leaf Hound, French passou brevemente pela Big Bertha e logo em seguida incorporou-se à Atomic Rooster. Posteriormente, chegou a integrar a banda americana Cactus, antes de retornar ao Reino Unido para figurar na Randy Pie, grupo em que participou somente no disco lançado na Alemanha em 1977, em três edições (nota minha: o álbum chama-se "Fast/Forward"). French também gravou um disco solo (nota minha: "Ducks In Flight") e um compacto (nota minha: "Give Me Your Love") no ano seguinte, lançados apenas na Alemanha (Vernon Joynson, in The Tapestry of Delights - The Comprehensive Guide to British Music of the Beat, R&B, Psychedelic and Progressive Eras 1963-1976. Borderline Productions, Telford, 2006, pp. 861-2; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Jayme da costa Maceió AL disse...

Uma das primeiras bandas setentistas que escutei, foi uma única dose para um vício eterno. Valeu, irmão.

Indignaldo Silva disse...

Já eu confesso que fui conhecer a banda em tempos de internet. Valeu o comentário, Jayme.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...