terça-feira, 21 de julho de 2015

Oxford Circle - Live At The Avalon 1966

Banda: Oxford Circle
Disco: Live At The Avalon 1966
Ano: 1997
Gênero: Blues Rock, Garage Rock, Psychedelic Rock
Faixas:
1. Mystic Eyes (Van Morrison) 9:11
2. Since You've Been Away (Gary Lee Yoder) 2:15
3. You're A Better Man Than I (Mike Hugg, Brian Hugg) 5:00
4. Soul On Fire (Gary Lee Yoder) 2:33
5. I Got My Mojo Working (Preston Foster) 3:44
6. Baby Please Don't Go (Joe Williams) 5:16
7. Foolish Woman (Gary Lee Yoder, Dehner Patten) 3:52
8. Troubles (Gary Lee Yoder) 5:14
9. We Gotta Get Out Of This Place (Barry Mann, Cynthia Weil) 3:33
10. Today (Gary Lee Yoder) 4:07
11. Silent Woman (Gary Lee Yoder) 3:53
12. Little Girl (Van Morrison) 4:43
13. Hoochie Coochie Man (Willie Dixon) 4:44
14. I'm A Man [Mono] (Elias McDaniel) 3:50
15. Foolish Woman [Single A-Side, 1969] [Mono] (Gary Lee Yoder, Dehner Patten) 2:33
16. Mind Destruction [Single B-Side] [Mono] (Gary Lee Yoder, Dehner Patten, Jim Keylor, Paul Whaley) 5:16
17. The Raven [Mono] (Gary Lee Yoder) 2:42
18. Troubles [Mono] (Gary Lee Yoder) 2:38
Créditos:
Gary Lee Yoder: Vocals, Guitar, Harmonica, Feedback Guitar
Dehner Patten: Lead Guitar, Vocals
Jim Keylor: Bass, Vocals
Paul Whaley: Drums, Vocals, Lead Vocals (faixas 1, 13)
Músicos adicionais:
Mac Rebennack: Organ (faixas 17, 18)
Jack Hills: Backwards Fuzztone Sax (faixa 15)
Bruce Turley: Organ (faixa 15)
Gravado ao vivo no Avalon Ballroom, em San Francisco, California, EUA, nos meses de junho, agosto, setembro, novembro e dezembro de 1966, à exceção das faixas 15 e 16.
http://freetexthost.com/mbwmvieyaj
Biografia:
Embora a Oxford Circle seja lembrada pelos fanáticos colecionadores de psicodelia como uma banda psicodélica de San Francisco, devido a seus shows no circuito dos salões de baile da cidade, em 1966 e 1967, a banda, na realidade, formou-se em Davis, localizada a poucos quilômetros dali.  O grupo tocava um energético rock garageiro-psicodélico, fortemente influenciado por bandas britânicas da moda, como Yardbirds e Them, tendo conseguido lançar apenas um single, "Foolish Woman/Mind Destruction", através da pequena gravadora World United.
O lado B do disco continha uma peça encharcada de pura psicodelia, mas não se mostrou suficiente para colocar a Oxford Circle no rarefeito espaço das surpreendentes lendas psicodélicas norte-californianas, como a Great Society ou mesmo a Final Solution. O material original do grupo era corriqueiro, calcado mais no blues rock tendendo ao punk do que em inovadores sons psicodélicos.
O baterista Paul Whaley juntou-se à Blue Cheer, lançando as sementes da dissolução da Oxford Circle, mas, mesmo assim, estranhamente, Joe Louis Walker, futura estrela do blues, chegou a tocar brevemente com o grupo. Gary Lee Yoder, principal compositor da Oxford Circle, formou a Kak (que gravou para a Epic) e também apareceu no lineup da Blue Cheer, entre 1969 e 1972. Um concerto completo da banda, realizado em 1966, espantosamente em ótima fidelidade, originou o CD lançado em 1997, que também incluiu o single do grupo e um par de canções inéditas (Richie Unterberger, AllMusic; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...