quarta-feira, 8 de julho de 2015

David Bowie - Diamond Dogs (30th Anniversary Edition)

Músico: David Bowie
Disco: Diamond Dogs (30th Anniversary Edition)
Ano: 2004(*)
Gênero: Glam Rock
Faixas:
CD one (Original Album)
1. Future Legend (1:07)
2. Diamond Dogs (5:56)
3. Sweet Thing (3:38)
4. Candidate (2:40)
5. Sweet Thing [Reprise] (2:32)
6. Rebel Rebel (4:30)
7. Rock 'n' Roll With Me (4:02)
8. We Are The Dead (4:54)
9. 1984 (3:27)
10. Big Brother (3:20)
11. Chant Of The Ever Circling Skeletal Family (2:04)
CD two (Bonus Material)
1. 1984/Dodo (5:27)
2. Rebel Rebel [U.S. Single Version] (2:58)
3. Dodo (2:53)
4. Growing Up (3:25)
5. Alternative Candidate [a demo for proposed 1984 musical] (5:07)
6. Diamonds Dogs [K-Tel Best Of... Edit] (4:39)
7. Candidate [Intimacy Mix] (2:56)
8. Rebel Rebel [2003] (3:09)
Músicas de autoria de David Bowie, salvo "Rock 'n' Roll With Me", composta por David Bowie e Warren Peace, e "Growing Up", composta por Bruce Springsteen.
Créditos:
Tony Newman: Drums
Aynsley Dunbar: Drums
Herbie Flowers: Bass
Mike Garson: Keyboards
Bowie: Guitar, Saxes, Moog, Mellotron
Alan Parker: Guitar ("1984")
Ronnie Wood: Lead Guitar ("Growing Up")
(*) LP lançado originalmente em 1974.
Resenha:
David Bowie dissolveu o grupo Spiders From Mars logo após o lançamento de "Pin Ups", mas não se livrou completamente do personagem Ziggy Stardust. "Diamond Dogs" padece justamente disso – Bowie não sabia como seguir adiante. Originalmente idealizado como um álbum conceitual, baseado no livro "1984", de George Orwell, "Diamond Dogs" degenerou para outro pesadelo paranoico futurista de Bowie. Ao longo do álbum, percebe-se que Bowie mostra sinais de cansaço com a fórmula Ziggy, particularmente no som de discoteca de "Candidate" e na singeleza de suas letras.
Entretanto, isso não significa que "Diamonds Dogs" represente um avanço, e sem Mick Ronson no leme, a banda que acompanha Bowie mostra-se muito protocolar, incapaz de causar impacto. Ironicamente, a única exceção é uma das melhores canções de Bowie – a irreverente e sexy "Rebel Rebel". A música não se encaixa muito bem na temática do disco, e, por sinal, as que tentam promover a história do álbum não conseguem dar conta do recado.
Diamond Dogs não é um desperdício total: "1984", "Candidate" e "Diamond Dogs" oferecem algum divertimento, mas é o primeiro disco, desde "Space Oddity", em que o objetivo de Bowie escapa do seu controle. [A edição expandida do 30° aniversário de "Diamond Dogs" contém novidades: encarte luxuoso e um disco extra. As músicas adicionais foram extraídas de várias fontes: faixas gravadas para um projetado musical intitulado "1984" ("1984/Dodo", "Alternative Candidate" e "Dodo"), a mixagem americana do single "Rebel Rebel", o cover de "Growin' Up", de Bruce Springsteen, uma edição da K-Tel de "Diamond Dogs" e a regravação de "Rebel Rebel", feita para a trilha sonora do filme "Charlie's Angels: Full Throttle" (nota minha: no Brasil, "As Panteras Detonando").] (Stephen Thomas Erlewine, AllMusic; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Jayme da costa, Maceió, AL disse...

Este é meu álbum predileto de Bowie, Sensacional! Agradecido Indignaldo, um abraço.

Indignaldo Silva disse...

Eu prefiro o Ziggy, Jayme. Mas todos os da primeira fase do Bowie são muito bons. Um abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...