quinta-feira, 16 de julho de 2015

Jan Hammer Group - Oh, Yeah?

Banda: Jan Hammer Group
Disco: Oh, Yeah?
Gênero: Jazz Rock, Fusion
Ano: 1976(*)
Faixas:
1. Magical Dog (Jan Hammer) 6:43
2. One To One (Jan Hammer, Tony Smith) 3:33
3. Evolove (Rick Laird) 4:45
4. Oh, Yeah? (Jan Hammer, Fernando Saunders) 4:31
5. Bambu Forest (Jan Hammer, David Earle Johnson) 5:25
6. Twenty One (Jan Hammer, Jerry Goodman) 5:06
7. Let The Children Grow (Jan Hammer, Tony Smith) 4:50
8. Red And Orange (Jan Hammer) 6:43
Créditos:
Jan Hammer: Electric Piano, Moog, Polymoog, Synthesizer, Timbales, Vocals, Minimoog
Steve Kindler: Acoustic & Electric Violin, Rhythm Guitar
Fernando Saunders: Bass, Piccolo Bass, Vocals
Tony Smith: Drums & Vocals
Músico adicional:
David Earle Johnson: Congas & Percussion (faixas 1-5, 8)
(*) CD lançado em 2006.
http://freetexthost.com/jom15zd1wh
Biografia:
A biografia de Jan Hammer, que segue, em tradução livre do inglês, foi retirada do site Oldies, que, por sua vez, cita, como fonte originária do texto, a Encyclopedia Of Popular Music, de Colin Larkin (com licença da editora Muze).
17 de abril de 1948, Praga, Checoslováquia: a ex-criança prodígio estava trabalhando em um grupo de jazz com 14 anos e estudando teoria e composição na Prague Academy Of Muse Arts. Em 1968, quando a Checoslováquia caiu sob o domínio soviético, Hammer ganhou uma bolsa de estudos para a Berklee College Of Music, em Boston, Massachusetts, EUA.
Dois anos depois ele estava tocando com artistas como Elvin Jones e Sarah Vaughan, antes de se juntar à Mahavishnu Orchestra e tocar nos seminais discos de fusion "The Inner Mounting Flame" e "Birds Of Fire". Hammer também tocou sintetizadores em discos de Santana, Billy Cobham e outros. Após John McLaughlin dissolver temporariamente a Mahavishnu Orchestra, Hammer e o violinista Jerry Goodman gravaram um álbum, em 1974, pela Nemperor. Seguiu-se o debute solo de Hammer, "The First Seven Days", um disco conceitual baseado na criação da Terra. Durante o final dos anos 70, o Jan Hammer Group (Hammer, o violinista Steve Kindler, o baixista Fernando Saunders e o baterista Tony Smith) era um grupo de jazz rock fusion, radicado em Nova Iorque, que se misturava aos vários conjuntos com o mesmo estilo que ali tocavam.
Uma das colaborações mais importantes do Jan Hammer Group foi no disco "Wired", de Jeff Beck, lançado em 1976. Hammer também excursionou e gravou um álbum ao vivo com Beck. Mais tarde, ele gravou com o guitarrista Neil Schon, da Journey (com o nome de Schon And Hammer), e colaborou com Al Di Meola, antes de angariar um público maior através de seu trabalho na televisão e no cinema. Depois de gravar a trilha sonora de "A Night In Heaven" (nota minha: no Brasil, "Clube das Mulheres"), Hammer acabou contratado para musicar a série televisiva Miami Vice, uma das mais bem sucedidas nos Estados Unidos nos anos 80. Quando a música tema foi lançada em 1985, como um single, terminou sendo a n° 1 nos Estados Unidos, ficando também entre as cinco primeiras nas paradas britânicas.
A música ganhou ainda dois prêmios Grammy (Melhor Performance Pop Instrumental e Melhor Composição Instrumental). Hammer persistiu no tema, lançando "Crocketts Theme" (nota minha: trata-se, na verdade, de uma faixa do disco "Miami Vice II", com vários artistas, lançado em 1986, segundo o site AllMusic), em 1987, que chegou ao segundo posto nas paradas inglesas, ainda que tenha fracassado completamente nos Estados Unidos.
A partir do final dos anos 80 em diante, Hammer tem harmonizado o seu trabalho no cinema com trabalhos solos gravados no seu impressionante Red Gate Studio, no interior do Estado de Nova Iorque. Ele também compôs músicas de fundo para jogos de computador, e, em 1992, forneceu a trilha para o vídeo "Beyond The Mind's Eye", da Miramar Productions. Infelizmente, o maior sucesso de Hammer acabou arranhado no início dos anos 90, quando, estranhamente, o usaram como música tema de uma grande campanha publicitária de um banco do Reino Unido, efetuada para a televisão.

4 comentários:

sosgotcha disse...

hi
good fusion,
Please what is the password ?

Indignaldo Silva disse...

The password is discofilos

sosgotcha disse...

Hi
super
Thank you very muchhhhhhhh !

Sosgotcha

Indignaldo Silva disse...

You're welcome, sosgotcha.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...