sábado, 31 de outubro de 2015

The Bosom Blues Band - The Bosom Blues

Banda: The Bosom Blues Band
Disco: The Bosom Blues
Ano: 2008(*)
Gênero: Blues Rock
Faixas:
1. Leavin' Trunk (John Estes) 4:36
2. Milk Cow's Calf Blues (Roberth Johnson) 3:26
3. Messin' With The Kid (Mel London) 3:04
4. Divin' Duck (John Estes) 2:48
5. You Don't Love Me Baby (Sam Maghett) 3:45
6. Hippie Queen (Larry McCullough) 4:10
7. Knock On Wood (Eddie Floyd, Steve Cropper) 3:52
8. Walk Tall (Josef Zawinul, Esther Marrow, James Rein) 8:47
Créditos:
Larry McCullough: Vocals, Lead Guitar
Allen Gay: Rhythm Guitar
Harold Grigg: Bass Guitar
Lynn Abbott: Drums
Ed: Sax
Unknown: Organ
(*) O disco reúne todas as faixas gravadas pela banda em 1968.
http://freetexthost.com/pfkxq1v0gc
Biografia:
Nativa de Richmond, Virginia, EUA, a banda bluseira psicodélica Bosom Blues Band era liderada pelo cantor e guitarrista Larry McCullough, músico folk da região, que, em 1966, foi persuadido a juntar-se ao Soothsayers, grupo local influenciado pelo boom do beat britânico, formado por Allen Gay e Duck Baker, guitarristas, Harold Grieg (sic), baixista, e Dickie Parrish, baterista. Assim que McCullough mostrou aos seus novos companheiros os discos americanos de R&B que inspiraram os ídolos dele, a Soothsayers aprimorou sua sonoridade, tornando-a desprendida mas também enérgica, estimulada pelo blues tradicional e o rock & roll contemporâneo - Lynn Anderson (sic), um colecionador de LPs, rapidamente substituiu Parrish na bateria, e Baker, após trocar, durante um breve período, a guitarra pelo órgão, abandonou a banda, recebendo elogios depois por seus acústicos álbuns solos.
Após a saída de Baker, a banda mudou seu nome para Bosom Blues Band, e, em 1967, gravou um excelente LP no estúdio regional Recordings Incorporated. No ano seguinte, após ouvi-la, Sam Charters, da Vanguard Records, ofereceu-lhe um contrato temporário, que acabou rejeitado. A Bosom Blues Band dissolveu-se de pronto, e McCullough reapareceu mais tarde na Zion Crossroads. Em 2003, a canção "Hippie Queen" finalmente figurou no terceiro volume da magnífica série "Aliens, Psychos & Wild Things"  (Jason Ankeny, AllMusic; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Cristian Brendon disse...

Indignaldo Meu Amigo, Esse Seu Site É O Maior Resgate Do Rock N Roll Possivel Existente No Brasil. O Tanto De Coisa Legal Que Tem Aqui Não É Brincadeira Só Coisa Fina. Parabens Cara, Só Tem Coisa Incrivel Aqui. Viva O ROCK N ROLL.

Indignaldo Silva disse...

Obrigado pela força, Cristian. Grande abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...