quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Canned Heat - Living The Blues

Cover
Banda: Canned Heat
Disco: Living The Blues
Ano: 1968(*)
Gênero: Blues, Blues Rock, Boogie Rock, Modern Electric Blues
Faixas:
Disc 1
1. Pony Blues (Charley Patton; Arr. &  Adpt. by Canned Heat) 3:51
2. My Mistake (Alan Wilson) 3:25
3. Sandy's Blues (Bob Hite) 6:49
4. Going Up The Country (Alan Wilson) 2:54
5. Walking By Myself (Jimmy Rodgers) 2:34
6. Boogie Music (L.T. Tatman III) 3:08
7. One Kind Favor (Traditional; Arr. & Adpt. by L.T. Tatman III) 4:49
8. Parthenogenesis: a) Nebulosity; b) Rollin' And Tumblin'; c) Five Owls; d) Bear Wires; e) Snooky Flowers; f) Sunflower Power; g) Raga Kafi; h) Icebag; i) Childhood's (Canned Heat) 20:05
Disc 2
1. Refried Boogie (Part I) (Canned Heat) 20:08
3. Refried Boogie (Part II) (Canned Heat) 21:02
Créditos:
Larry "The Mole" Taylor: Bass
Adolfo "Fito" De La Parra: Drums
Henry "Sunflower" Vestine: Guitar
Alan "Blind Owl" Wilson: Guitar, Vocals, Harp
Bob "The Bear" Hite: Vocals
Participações especiais:
Joe Sample: Piano ("Sandy's Blues)
Charlie Patton: Guitar ("Boogie Music")
Henry Sims: Violin ("Boogie Music")
Dr. John: Piano ("Boogie Music")
John Fahey: Guitar ("Nebulosity")
John Mayall: Piano ("Walking By Myself", "Bear Wires")
(*) CD lançado em 2003.
Resenha:
Terceiro disco da discografia da Canned Heat, "Living The Blues" (1968) foi também seu primeiro LP duplo, trazendo o hino hippie rural "Going Up The Country", bem como os 40 minutos de "Refried Boogie".
No entanto, a par de alegrar seu público, o disco tornou-se um dos primeiros LPs duplos de rock-and-roll a figurar nas paradas, atingindo o Top 20. Não chega a ser surpreendente que o resto do disco – essencialmente todo o disco 1 – se mostre tão sólido (se não até mais) quanto o álbum anterior do grupo, "Boogie With Canned Heat" (1968). Exibindo a "clássica" formação da Heat, com Alan "Blind Owl" Wilson (guitarra, harmônica e vocais), Larry "The Mole" Taylor" (baixo), Henry "Sunflower" Vestine (guitarra), Adolfo "Fito" De La Parra (bateria) e Bob "The Bear" Hite (vocais), a banda solta mais um lote de canções originais e envolventes revisões de alguns raros blues – incluindo o vigoroso cover de Charley Patton, "Pony Blue", que inicia o disco.
4Pra começo de conversa, a formidável equipe de Wilson e Vestine explora aqui suas paixões musicais com uma determinação que diminuiria significativamente nos anos e nas gravações que se seguiram. Um dos principais fatores do sucesso comercial do disco foi a atualização da canção "Going Down South", de Henry Thomas (nota minha: de acordo com a Wikipedia, o nome da música é "Bull-doze Blues"), que se transformou na jovial "Going Up The Country". A canção não só se tornou um dos maiores hits da banda, mas também foi usada no documentário Woodstock (1970), e uma versão ao vivo – extraída do próprio festival – foi apresentada na trilha sonora do filme.
A Canned Heat conseguiu reunir-se com um dos seus contemporâneos, o bluseiro britânico John Mayal, para a leitura compacta de "Walking By Myself", de Jimmy Rodgers, não na guitarra, mas no piano. Mayall também toca piano em "Bear Wires", música de 88 segundos que compõe a longa suíte "Parthenogenesis". Ainda sobre tecladistas convidados, Mac Rebbenack (apelidado de Dr. John) juntou-se à banda para uma ode ao groove em "Music Boogie". "One Kind Favour" (também conhecida como "See That My Grave Is Kept Clean") teve um encaminhamento pesado, com Hite cantando em cima da camada de ritmos produzidos pela banda. À parte a pouco tolerante "Refried Boogie", "Living The Blues" permanece como um testemunho da coragem da Canned Heat em modernizar o blues e uma das obras mais coesas no âmbito do espírito inovador da banda (Lindsay Planer, AllMusic; tradução livre do inglês).

4 comentários:

............. disse...

Blog está de parabéns pelo trabalho de resgate do velho e bom rock'n'rool. Parabéns!!!!

Musicômano disse...

Valeu pelo comentário, anônimo. Abraço.

rintesh disse...

Lovely! Thanks for sharing.

Indignaldo Silva disse...

You're welcome, rintesh.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...