domingo, 19 de outubro de 2014

The Montanas - You've Got To Be Loved

Cover
Banda: The Montanas
Disco: You've Got To Be Loved
Ano: 1997
Gênero: Beat, British Invasion, Psychedelic Rock
Faixas:
1. All That Is Mine Can Be Yours (Fletcher, Whitworth) 2:37
2. How Can I Tell? (Rowley, Hayward, Crew, Jones) 2:20
3. That's When Happiness Began (Dick Addrisi, Don Addrisi) 2:12
4. Goodbye Little Girl (Henderson) 1:52
5. Ciao Baby (Weiss, English) 2:40
6. Anyone There (Kraggs) 2:35
7. Take My Hand (Dick Addrisi, Don Addrisi) 2:21
8. Top Hat (B. Gibb) 2:06
9. You've Got To Be Loved (Trent, Hatch) 2:52
10. Difference Of Opinion [97 Remix] (Rowley, Allen) 2:47
11. A Step In The Right Direction (Trent, Hatch) 3:15
12. Someday (You'll Be Breaking My Heart Again) (Rowley, Elcock, Hayward, Jone) 2:46
13. You're Making A Big Mistake (Trent, Hatch) 2:50
14. Run To Me (Trent, Hatch) 2:30
15. Roundabout (Rowley, Elcock) 2:46
16. Mystery (Leyden, James) 3:03
17. Let's Ride [Previously Unreleased] (Unknown) 3:04
18. I Need To Fly [Previously Unreleased] (Unknown) 2:20
19. Hold On [Previously Unreleased] (Caston, Webber) 3:18
20. Sammy [Previously Unreleased] (Unknown) 2:36
21. Tear Drops [Previously Unreleased] (Unknown) 2:48
22. You Got Me Wrong Girl [Previously Unreleased] (Unknown) 2:06
23. One Thing Or The Other [Version 1] [Previously Unreleased] (Unknown) 3:18
24. One Thing Or The Other [Version 2] [Previously Unreleased] (Unknown) 2:54
25. Hold On [Instrumental] [Previously Unreleased] (Unknown) 3:18
26. Difference Of Opinion [Instrumental] [Previously Unreleased] (Rowley, Allen) 2:43
Créditos:
Johnny Jones: Vocals
Will Hayward: Lead Guitar
Graham Crew: Drums
Terry Rowley: Bass, Guitar, Keyboards
Ralph Oakley: Bass
Jake Elcock: Bass
Graham Hollis: Drums
Ian Lees: Bass
George Davies: Vocals
http://www.filefactory.com/file/76c86ceywxa7/STECROPWALHFMF.rar
Biografia:
Uma das bandas mais obscuras da primeira leva da invasão britânica sessentista, a Montanas ficou conhecida principalmente pelo seu solitário sucesso, "You've Got To Be Loved". O grupo originou-se em Birmingham, Inglaterra, no ano de 1964. Bill Hayward, que tocara anteriormente em outras bandas locais (Crossfires e Connoisseurs), era o guitarrista, Graham Crewe, o baterista original, Ralph Oakley, o baixista, e John Jones, o vocalista. As apresentações do grupo continham uma boa dose de teatralidade, com esquetes cômicos entre as músicas. Roger Allen, seu empresário, conseguiu colocá-lo no cast da Pye Records, que, por sua vez, lhe disponibilizou a dupla de compositores Tony Hatch e Jackie Trent. Isso, na época, provavelmente parecia uma boa jogada – como realmente foi –, já que Hatch e Trent escreveram várias canções para Petula Clark (Hatch também produziu Clark e a banda Searchers), uma regular ocupante das paradas de sucesso. O grupo também recebeu um grande impulso profissional em 1966, quando Terry Rowley, guitarrista da Mountain Kings, tornou-se seu integrante (nota minha: segundo notas no encarte do CD, Rowley foi fundador da banda, em 1964, tocando baixo). Mas, na Montanas, Rowley assumiu os teclados, e, sendo um arranjador e compositor de primeira linha, desempenhou na banda um papel parecido com o de Paul Samwell-Smith na Yardbirds.
5Três canções do grupo, "Ciao Baby", "You've Got To Be Loved" e "Let's Get A Little Sentimental", caíram nas graças dos críticos e conseguiram bastante divulgação radiofônica, mas não galgaram posições importantes nas paradas inglesas. "You've Got To Be Loved", porém, chegou ao Top 50 americano – todavia, sem grana para promover o disco nos Estados Unidos, só restou à banda assistir, impotente, o sobe-e-desce da música nas paradas ianques. Jake Elcock, ex-membro das bandas Strangers e Finders Keepers, e Graham Hollis assumiram o baixo e a bateria, respectivamente, em 1967. Todos que viram a Montanas ao vivo respeitaram-na e a encararam como uma das principais bandas de Birmingham; seus componentes eram exímios músicos e suas performances tinham muita vitalidade; mereceu, portanto, ser reconhecida e emplacar um sucesso.
6Mas mesmo os membros do grupo reconheceram, posteriormente, que, apesar da excelência musical, a Montanas apresentava algumas falhas de formação e sonoridade. A dependência de compositores estranhos ao seu lineup, um mero detalhe (e típico de muitas bandas de categoria, inclusive a Searchers) em 1965, transformou-se num contratempo em 1967, e seus discos, embora admiráveis, não refletiam o verdadeiro som do grupo, bem menos pop quanto se propagava nos seus singles. Em 1968, a banda enfrentava o mesmo dilema da Tremeloes, uma banda pop semelhante, porém mais credenciada por uma bagagem substancial de sucessos no seu catálogo.
7Ainda em 1968, Rowley e Jones deixaram a banda para unir-se à Finder Keepers, que logo depois se chamou Trapeze. Ian Lees (apelidado de "Sludge") e George Davies ingressaram no grupo a tempo de gravarem "Let's Get A Little Sentimental" – malgrado Lees tocasse baixo, também se responsabilizava pela parte humorística nos shows. Rowley e Jones tocaram apenas no primeiro disco da Trapeze e retornaram à Montanas em 1970. E assim reformado, o grupo continuou até finalmente separar-se em 1978. As gravações da banda ficaram fora de catálogo com o aparecimento do CD, mas uma compilação de 26 das suas melhores canções (com o mesmo título do seu maior sucesso, acima mencionado) foi lançada em 1998. Lees destacou-se como comediante em Midlands, e Elcock virou empresário de artistas (Bruce Eder, AllMusic; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...