quarta-feira, 23 de outubro de 2013

The Churchills - Churchill's [Bonus Tracks]

Cover
Banda: The Churchills
Disco: Churchill's [Bonus Tracks]
Ano: 1968(*)
Gênero: Garage Rock, Psychedelic Rock
Faixas:
1. Open Up Your Eyes (Solomon, Huxley) 2:48
2. Songs From The Sea (Solomon, Huxley) 2:17
3. Pictures In My Mind (Solomon, Huxley) 1:51
4. Comics (Solomon, Huxley) 3:48
5. When You're Gone (Huxley) 3:19
6. Strangulation (Solomon, Gabriallov) 2:15
7. Straight People (Solomon, Huxley) 3:51
8. Subsequent Final (Huxley) 6:16
9. So Alone Today (Solomon, Huxley) 3:35
10. Debka (Sheriff, Solomon, Huxley) 4:44
11. Living Loving [Single B-Side, 1970] [Bonus Track] (Page, Plant) 2:35
12. Signs Of You [Single A-Side, 1970] [Bonus Track] (Triebitch) 5:04
13. She's A Woman [Single A-Side, 1970] [Bonus Track] (Lennon, McCartney) 4:00
14. Sunshine Man [Single B-Side, 1970] [Bonus Track] (Huxley) 3:19
15. Too Much In Love To Hear [Single A-Side, 1968] [Bonus Track] (Huxley, Holder) 2:27
16. Talk To Me [Single B-Side, 1968] [Bonus Track] (Solomon) 4:21
17. Coming Home [Bonus Track] (Solomon) 2:06
18. Concerto In Double [Single A-Side, 1970] [Bonus Track] (Bach, Sheriff) 4:48
19. Chorale For The Young Lovers [Single B-Side, 1970] [Bonus Track] (Bach, Sheriff) 4:35
Créditos:
Rob Huxley: Guitar, Vocals
Haim Romano: Guitar, Mandolin, Vocals
Michael Grabriellov: Bass, Vocals
Amy Triebitch: Drums
Stan Solomon: Vocals
Dani Shoshan: Vocals (faixas 11, 12, 13, 14)
Eddy Shapirovich: Organ (faixas 18, 19)
(*) CD lançado em 1991, com 9 faixas extras.
Logo Design by FlamingText.com Logo Design by FlamingText.com
Resenha:
O solitário disco da Churchills situa-se acima da média no cenário da excelente e obscura psicodelia do final dos anos 60, e trata-se de um documento importante em razão de ser o único álbum israelense a obter o status internacional de cult, mas não é tão atraente como o zunzunzum gerado no circuito de colecionadores pode ter levado você a crer que fosse. Fortemente influenciado tanto pela psicodelia da Costa Oeste americana do final dos anos 60 quanto pelo hard rock britânico, há, frequentemente, uma ressonância tipo Jack Bruce nos vocais, e uma vibração garageira à Doors na interação guitarra e órgão e nas letras excêntricas-porém-melancólicas.
1Às vezes a banda apresenta mais de um elemento do Oriente Médio nos acordes, como acontece em "Subsequent Final", uma música regada a mandolin, que soa como uma psicodélica dança israelense. A reedição do disco em CD adicionou quatro faixas extras, extraídas de singles do início dos anos 70, incluindo covers de "Living Loving", da Led Zeppelin, e "She's A Woman", dos Beatles, que não têm, entretanto, nada de especial; hard rock de praxe (Richie Unterberger, AllMusic; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Valdeck Junior disse...

Bela postagem, uma raridade!
Obrigado.

Musicômano disse...

Eu que agradeço o comentário, Valdeck. Um abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...