segunda-feira, 17 de julho de 2017

The Koobas - Koobas [Bonus Tracks]

Banda: The Koobas
Disco: Koobas [Bonus Tracks]
Ano: 2000(*)
Gênero: British Invasion, Psychedelic Rock, Garage Rock
Faixas:
1. Royston Rose (Ellis, Morris) 3:51
2. Where Are The Friends? (Ellis, Leathwood) 3:37
3. Constantly Changing (Ellis, Morris, Leathwood) 2:44
4. Here's A Day (Ellis, Morris, Leathwood) 3:10
5. Fade Forever (Ellis, Leathwood) 2:59
6. Barricades (Ellis, Stratton-Smith, Leathwood) 5:03
7. A Little Piece Of My Heart (Blackwell, Scott) 2:42
8. Gold Leaf Tree (Ellis) 3:38
9. Mr. Claire (Leathwood) 3:44
10. Circus (Ellis, Leathwood) 5:42
11. Sweet Music [Single A-Side, 1966] [Bonus Track] (Kaufman, Powell) 2:43
12. Face [Single B-Side, 1966] [Bonus Track] (Leathwood, Ellis) 2:34
13. Sally [Single A-Side, 1967] [Bonus Track] (Leon, Towers, Haines) 2:35
14. Champagne & Caviar [Single B-Side, 1967] [Bonus Track] (Martin, Coulter) 2:29
15. Gypsy Fred [Single A-Side, 1967] [Bonus Track] (Leathwood, Ellis, Smith) 3:05
16. City Girl [Single B-Side, 1967] [Bonus Track] (Barratt) 2:28
17. First Cut Is The Deepest [Single A-Side, 1968] [Bonus Track] (Stevens) 3:07
18. Walking Out [Single B-Side, 1968] [Bonus Track] (Leathwood, Ellis) 1:49
Créditos:
Stuart Leathwood: Guitar, Lead Vocals
Roy Morris: Guitar, Backing Vocals
Keith Ellis: Bass
Tony O'Reilly: Drums
(*) LP lançado originalmente em 1969.
Biografia:
A biografia da banda, que segue, em tradução livre do inglês, foi extraída do site Oldies, que, por sua vez, cita, como fonte primária do texto, a Encyclopedia Of Popular Music, de Colin Larkin (sob licença da editora Muze).
Formada em Liverpool, Inglaterra, em 1962, e inicialmente chamada Kubas, essa excelente banda beat era composta por dois ex-membros da Midnighters – guitarristas Stu Leatherwood e Roy Morris –, na companhia de Keith Ellis (baixo) e Tony O'Riley (bateria), ambos ex-Thunderbeats. A Koobas participou do filme "Ferry Across The Mersey" (nota minha: estrelado por Gerry And The Pacemakers) e, em 1965, abriu para os Beatles numa turnê nacional. Após assinar com a Pye Records, lançou "Take Me For A Little While" (1965), uma estreia considerada promissora. Na sequência de "You'd Better Make Up Your Mind" (1966), a banda transferiu-se para a Columbia Records e editou o excepcional "Sweet Music".
Uma versão equivocada de "Sally", de Gracie Fields, surgida em 1967, freou a crescente reputação do grupo, circunstância agravada com o também inconsistente "Gypsy Fred", lançado no mesmo ano. Entretanto, o catálogo de singles encerrou-se com uma interpretação soberba de "The First Cut Is The Deepest", de Cat Stevens, que antecedeu o disco longo homônimo, de 1969. O conteúdo desse primoroso álbum alterna-se entre o cover "Piece Of My Heart", de Erma Franklin, e a musicalmente complexa "Barricades", uma das melhores canções da sua era. Contudo, antes de lançá-lo, a banda já havia se dissolvido, com o posterior ingresso de Ellis na Van Der Graaf Generator.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...