segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Ice - Ice Man [Bonus Track]

Banda: Ice
Disco: Ice Man [Bonus Track]
Ano: 2005(*)
Gênero: Soft Rock, Psychedelic Rock
Faixas:
1. Ice Man (Simpson, Turner) 2:59
2. Whisper Her Name (Simpson, Turner) 3:38
3. Anniversary (Of Love) (Simpson, Turner) 3:14
4. So Many Times (Simpson, Turner) 2:11
5. Walk On The Water (Simpson, Turner) 2:09
6. Time's Fading Fast (Simpson, Turner) 3:23
7. Day Tripper [Recorded at BBC Picadilly] [Bonus Track] (Lennon, McCartney) 2:07
8. Ice Man [Recorded at BBC Picadilly] [Bonus Track] (Simpson, Turner) 2:56
9. Wide Blue Yonder Boy [Recorded at BBC Picadilly] [Bonus Track] (James) 1:58
10. Open The Door To Your Heart [Recorded at BBC Picadilly] [Bonus Track] (Unknown) 3:22
11. Like A Woman [Bonus Track] (Johnson, Simpson) 2:18
12. Skyline [Bonus Track] (Johnson, Simpson) 3:03
13. Wait [bonus track] (Johnson, Simpson) 2:48
14. Monday [Bonus Track] (Johnson, Simpson) 2:38
15. Tell Me [Bonus Track] (Johnson, Simpson) 3:22
16. Silver Lady [Bonus Track] (Johnson, Simpson) 3:10
17. Burning Burning [Perfomed by Russell's Clump at University of Sussex] [Bonus Track] (Johnson, Simpson) 2:57
18. Two Hearts [Perfomed by Russell's Clump at University of Sussex] [Bonus Track] (Johnson, Simpson) 2:43
19. Little Girl In Wonderland [Perfomed by Russell's Clump at University of Sussex] [Bonus Track] (Johnson, Simpson) 2:37
Créditos:
Glyn James: Vocals
John Carter: Bass Guitar, Backing Vocals
Lynton Naiff: Hammond Organ, Piano
Grant Serpell: Drums
Steve Turner: Electric Guitar, Acoustic Guitar
Kris Johnson: Electric Guitar, Acoustic Guitar (faixas 11 a 16)
Mo Foster: Bass Guitar (faixas 7 a 10)
Linda Hoyle: Backing Vocals (faixas 7 a 10)
(*) O CD é uma compilação de todas as gravações realizadas pela banda nos anos 60.
http://thinfi.com/uzf
Resenha:
Algumas bandas são merecidamente obscuras, outras vão de graça para a obscuridade, e existem as que simplesmente nunca tiveram realmente a oportunidade de acontecer; a Ice entra na última categoria. Esse grupo do final dos anos 60 recebeu ajuda da BBC e até realizou algumas aparições esporádicas na televisão, mas a falta de apoio da gravadora levou a Ice a uma parada abrupta. "Ice Man" finalmente reúne em CD toda a produção registrada pela banda, mas isso não é muita coisa. Alguns singles, um punhado de demos, um pouco disso, um pouco daquilo, mas a coleção vai mais longe com a inclusão das performances da banda ao vivo na BBC, além de três canções da Russell's Clump, uma banda que também contou com a participação do vocalista da Ice, Glyn Jones, atuando na Universidade de Sussex. Então, a Ice merece o status de "cult" que há muito tempo tem recebido, ou é meramente a sua ausência que faz crescer a paixão dos aficionados? "Ice Man" prova, sem sombra de dúvida, que a banda era criativa, deixando você adivinhar facilmente onde o grupo teria ido com um pouco mais de apoio da sua gravadora. E não apenas no quesito comercial, mas no sentido musical mesmo, pois impressiona como o som da Ice era eclético e original.
A faixa-título é uma maravilhosa peça de psicodelia extravagante, mas o grupo era igualmente hábil em vocais pop, baladas roqueiras delicadas, cantadas de uma maneira tipicamente inglesa, e canções emotivas de R&B e soul. O último estilo, aliás, veio à tona na BBC através da ofensiva à la Yardbirds, envolvendo a música "Day Tripper", dos Beatles, reforçada por "Wide Boy Blue Yonder", uma melodia própria da banda. Passe para as demos e outros estilos inesperados surgem. "Silver Lady", com sua guitarra palhetada, aproxima-se do country antes de flertar com a Motown, durante o refrão harmônico, enquanto "Wait" dá o seu coração mas não o seu arranjo à Stax (nota minha: Motown e Stax são duas famosas gravadoras americanas, fundadas na década de 50). E, finalmente, você começa a ver o problema da banda com a sua gravadora, pois como você empacota uma banda psicodélica (com pitadas de rock, pop, R&B e soul) para um massificado mercado, mesmo que o grupo possua um vocalista soberbo, arranjos intrincados fenomenais e uma visão musical única? A gravadora não podia ter feito isso. Mais fácil foi simplesmente deixar a banda desaparecer até restar apenas lembranças. Mas como é maravilhoso que "Ice Man" tenha sido desenterrado e lançado em CD em toda a sua glória (Jo-Ann Greene, AllMusic; tradução livre do inglês).

4 comentários:

Celso Loos disse...

Este é um dos TOP 5 das "grandes bandas perdidas encontradas pela net" e TOP 3 de todos os posts que vc já fêz

Olha nos comments aqui

https://www.youtube.com/watch?v=_wcF3bfxLzs

Feliz 2016. Com muito ROCK 'n' ROLL e muito longe de Funk Carioca, Samba e Disco Music.

Abração

Indignaldo Silva disse...

Sem dúvida, o disco é excelente, Celso. Se não me engano, foi uma dica tua. Feliz Ano Novo pra ti também, mas sem geleia Ritter, peloamordedeus!

Celso disse...

Essa daqui

http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/acusada-de-plagio-marca-tera-de-retirar-geleia-do-mercado

Não loguei pq estou usando meu nick falso para postar no meu faceboboca falso

Indignaldo Silva disse...

Só podia ser. Mentira e fraude, tudo a ver...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...