sábado, 13 de setembro de 2014

Dragonfly - Dragonfly

Cover 1
Banda: Dragonfly
Disco: Dragonfly
Ano: 1968(*)
Gênero: Psychedelic Rock
Músicas:
1. Blue Monday (J. Duncan, B. Davis) 3:16
2. Enjoy Yourself (R. Russ, B. Davis) 3:19
3. Hootchie Kootchie Man (W. Dixon) 4:42
4. I Feel It (J. Duncan, B. Ray) 4:37
5. Trombodo (R. Russell) 0:32
6. Portrait of Youth (G. Jimerfield) 2:47
7. Crazy Woman (J. Duncan, R. Russ) 2:34
8. She Don't Care (G. Jimerfield) 2:50
9. Time Has Slipped Away (J. Duncan) 2:40
10. To Be Free (J. Duncan) 3:17
11. Darlin' (G. Jimerfield) 0:38
12. Miles Away (J. Duncan) 4:48
Créditos:
Jack Duncan: Bass
Barry Davis: Drums, Background Vocals
Gerry Jimerfield: Guitar, Lead Vocals
Randy Russ: Guitar, Background Vocals
https://mega.co.nz/#!x4xRyaiK!nFhN6SbnjJsJC4sDGzuxpz29DvOm3FYNjaLVQJxIJAY
Biografia:
A biografia da banda, que segue, em tradução livre do inglês, foi retirada da sua página no MySpace.
Dragonfly era realmente só um pseudônimo de uma banda chamada Legend. O grupo nunca se apresentou com o nome de Dragonfly, e o LP "Dragonfly" era apenas o título do disco e não da banda. Os seus membros incluíam Jack Duncan (baixo), Barry Davis (bateria, vocais de apoio), Gerry Jimerfield (guitarra, vocal principal), Randy Russ (guitarra, vocais de apoio) e Ernie McElwaine (teclados). A origem da banda localiza-se em El Paso, Texas, onde, em 1965, Duncan e Davis se encontraram e se tornaram amigos rapidamente enquanto tocavam num grupo chamado Pawns. Tomando conhecimento que a Pawns faria um show em Farmington, New Mexico, os coloradoans (nota minha: a palavra é intraduzível; alcunha as pessoas nascidas no Estado de Colorado) Jimerfield e McElwaine viajaram até lá para vê-la e ficaram bem impressionados. Com 26 anos, Jimerfield era um pouco mais experiente e já tocava no circuito de Los Angeles, tendo aparecido no show "Hullabaloo" e montado sua própria banda, Lords Of London, no Colorado. Citando suas conexões em L.A., Jimerfield logo convenceu Duncan e Davis a deixarem a Pawns e se mudarem para Durango, no Colorado, onde eles podiam ficar no motel dos pais de Jimerfield e formarem uma nova banda. O novo grupo ensaiou ali por alguns meses e logo decidiu que precisava adicionar um segundo guitarrista. Duncan e Davis sugeriram Russ, que eles conheciam de El Paso. A banda então foi completada quando Russ concordou em ir para Durango e juntar-se ao grupo. No início de 1967, a banda, agora chamada Lords Of London, mudou-se para Denver, onde tocou em muitos bares e abriu frequentemente os shows no teatro Chet Helms' Family Dog.
3Impacientando-se no Colorado, o grupo deslocou-se até Los Angeles por um breve período, ocasião em que trocou seu nome para Jimerfield Legend, mas logo voltaram para o bom e velho Colorado, a tempo para o Summer Of Love de 1967. Em 1968, a banda retornou a Los Angeles; encurtou seu nome para Legend e assinou com o selo local Megaphone, lançando três compactos e um LP homônimo. O álbum continha principalmente covers pré-psicodélicos, e, de acordo com Duncan, os instrumentos foram tocados, na sua maior parte, por músicos de estúdio, não integrantes da banda. Todavia, o segundo compacto lançado pela Legend continha duas excelentes músicas originais, não incluídas no LP ("Portrait Of Youth" e "Enjoy Yourself"), depois substancialmente refeitas e inseridas novamente no LP "Dragonfly". Infelizmente, todos os registros se perderam num apartamento colocado à venda, e a banda voltou novamente para o Colorado, onde os seus shows continuaram a ser bem recebidos. Nesse meio tempo, McElwaine deixou o grupo e não foi substituído. Em 1969, os mesmos executivos que detinham os direitos das gravações da banda viram-na tocando em seu velho antro, o Denver Family Dog, e ficaram pasmos diante da sua originalidade e musicalidade. Mas, desta vez, os executivos prometeram deixar a banda à vontade para produzir um LP com o material original. O grupo, então, arrumou as malas e viajou até Los Angeles, para gravar o LP "Dragonfly", no Amigo e I.D. Studios, em North Hollywood. O disco é absolutamente surpreendente e inclui vários sons originais psicodélicos, a maioria tocados em dois canais. Na época do seu lançamento, o disco chegou a figurar em algumas paradas de sucesso nas rádios de L.A., mas, lamentavelmente, não vendeu bem, e o grupo se separou logo em seguida. Jimerfield já faleceu, mas Duncan, Davis e Russ estão ativos até hoje.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...