terça-feira, 15 de setembro de 2015

Sha Na Na - Sha Na Na

Banda: Sha Na Na
Disco: Sha Na Na
Ano: 1971(*)    
Gênero: Rockabilly
Faixas:
1. Yakety Yak (Leiber, Stoller) 2:32
2. Jailhouse Rock (Leiber, Stoller) 2:24
3. Duke Of Earl (Williams, Edwards, Dixon) 1:58
4. Tell Laura I Love Her (Raleigh, Barry) 3:21
5. Blue Moon (Rogers, Hart) 2:39
6. I Wonder Why (Anderson, Weeks) 2:17
7. Great Balls Of Fire (Blackwell, Hammer) 2:05
8. Rock & Roll Is Here To Stay (White) 2:52
9. Only One Song (Simon) 3:32
10. Depression (Simon) 2:39
11. Canadian Money (Simon) 2:23
12. Top Forty (Simon) 2:35
13. Ruin Me Blues (Simon) 3:16
14. Just A Friend (Marcelino) 1:58
Créditos:
Scot Powell: Vocals
Johnny Contardo: Vocals
Frederick Dennis Greene: Vocals
Don York: Vocals
Rich Joffe: Vocals
Elliot Cahn: Guitar
Chris Donald: Lead Guitar
Bruce Clarke: Bass
Screamin' Scott Simon: Piano, Bass
John Bauman: Piano
Lennie Baker: Sax
Jocko Marcelino: Drums
David Bromberg: Dobro ("Canadian Money")
Eric Weissberg: Pedal Steel ("Top Forty")
Richard Davis: String Bass ("Top Forty")
(*) CD lançado em 1992. Faixas 1 a 8 gravadas ao vivo na Columbia University, NYC, em março de 1971. Faixas 9 a 14 gravadas no Electric Lady Studios, NYC, em maio de 1971.
http://freetexthost.com/pm1jbt0vr0
Biografia:
Ponta de lança do rock an roll revivalista americano iniciado no fim dos anos 60, a Sha Na Na derivou do grupo vocal Columbia Kingsmen, formado pelos irmãos George e Robert Leonard. Extraindo seu nome de um refrão de "Get A Job", sucesso da Silhouettes, o repertório do grupo proveio exclusivamente dos anos 50, e a coreografia dos seus shows incluía um concurso de dança com a participação dos espectadores.
Abstraindo o visual démodé ⏤ lamê dourado, topete com brilhantina, calça pela canela ⏤ o lineup da banda, nos seus primórdios, abrangia os vocalistas Robert Leonard, Alan Cooper, Scott Powell, Johnny Contardo, Frederick "Denny" Greene (nascido em 11 de janeiro de 1949, nos Estados Unidos), Donny York e Richard "Ritchie" Joffe; os guitarristas Chris Donald (conhecido também como Vinnie Taylor, morto em 19 de abril de 1974), Elliot Cahn e Henry Gross; os pianistas Joseph Witkin, Screamin' Scott Simon e John "Bauzer" Bauman (nascido em 14 setembro de 1947, no Queens, New York, Estados Unidos), além de Bruce Clarke (baixo), Jack Marcellino (bateria) e o saxofonista Leonard Baker (ex-Danny And The Juniors) ⏤ único músico com um passado reverenciado.
Surpreendentemente, houve pouca mudança de pessoal até a reformulação ocorrida em 1973, que, coincidindo com o ingresso do baixista e cantor David "Chico" Ryan (morto em 26 de julho de 1998, em Boston, Massachusetts, Estados Unidos), estabilizou a banda com dez integrantes. Destacando-se internacionalmente por sua participação no Festival de Woodstock, em 1969 (inserida nos posteriores filme e disco dali decorrentes), a banda não conseguiu transportar para os álbuns suas recriações ao vivo de músicas antigas ⏤ sobretudo quando as versões originais já haviam marcado emocionalmente os ouvintes.
"Bounce In Your Buggy" ⏤ uma das poucas canções originais do grupo ⏤, do disco "The Night Is Still Young", de 1972, foi a música que chegou mais perto do sucesso (Gross, que saiu em 1970, iria desfrutar, em carreira solo, de uma boa colocação nas paradas com o single "Shannon", de 1976). Mas o reconhecimento da fama deu-se através do comparecimento de Keith Moon numa festança da Sha Na Na, em 1971, e na escolha da banda para abrir um concerto beneficente realizado em New York, no ano seguinte, promovido por John Lennon.
Em 1974, porém, suas apresentações ficaram monótonas, gerando discórdias, crises nervosas e insolúveis problemas internos, que chegaram ao auge com a morte de Donald por overdose de heroína em 19 de abril. O grupo recuperou-se ao término dos anos 70, apresentando um programa de televisão independente, de 1976 a 1981, e aparecendo no popular filme "Grease" (nota minha: no Brasil, "Nos Tempos da Brilhantina"), de 1978.
E, com variadas formações, continuou a excursionar e gravar nas décadas seguintes. O modelo adotado pela Sha Na Na estimulou o aparecimento de grupos semelhantes, como Darts, Shakin' Stevens e Strays Cats, dispostos a promover um gênero musical aparentemente anacrônico (The Encyclopedia Of Popular Music. Compiled and edited by Colin Larkin. New York: Omnibus Press, 2007, p. 1245; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Anônimo disse...

muchas gracias por tu aporte

Indignaldo Silva disse...

Não há de quê.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...