segunda-feira, 6 de abril de 2015

Mouse - Lady Killer [Bonus Tracks]

Front
Banda: Mouse
Disco: Lady Killer [Bonus Tracks]
Ano: 2005(*)
Gênero: Hard Rock, Psychedelic Rock
Faixas:
1. Going Out Tonight (Mouse) 4:45
2. You Don't Know (Mouse) 2:41
3. Electric Lady (Rushton, Watts) 2:38
4. All The Fallen Teen-Angels (Fidler, Hove, Evans) 3:32
5. Ashen Besher (Mouse) 5:30
6. We Can Make It (Mouse) 3:32
7. East Of The Sun (Mouse) 4:34
8. It's Happening To Me And You (Mouse) 2:49
9. Sunday (Mouse) 2:49
10. Just Came Back (Mouse) 5:18
11. Lost In The City [Bonus Track] (Russell) 3:55
12. Timothy Leary's Ride Home [Bonus Track] (Russell) 0:45
13. Jamie [Bonus Track] (Russell) 2:42
14. Hit & Run [Bonus Track] (Russell) 5:25
Créditos:
Ray Russell: Guitars, Vocals
Al Clare: Keyboards, Vocals
Jeff Watts: Bass
Al Rushton: Drums
(*) LP lançado em 1973.

Resenha:
O selo Angel Air não para de garimpar o material gravado com a participação de Ray Russel, com o propósito de relançá-lo, e agora chegou a vez de soltar a Mouse em CD. Esse quarteto, composto por Russell, Alan Rushton (baterista), Jeff Watts (tecladista) (sic; segundo o próprio AllMusic, Watts era o baixista do grupo) e Alan Greed (vocalista) (nota minha: o nome correto do músico é Al Clare, e, além de vocalista, também tocava teclados, segundo ainda o AllMusic), lançou seu único disco pela EMI em 1973. Russell brinca no texto do encarte: "as tentativas de construir um single foram esquecidas após decorrida uma hora da primeira sessão", mas ainda assim, tanto a irresistível "Electric Lady", um rockão pulsante, quanto a animada "We Can Make It", com vocação pop, reuniriam condições de saírem em avulso. E mesmo que "Going Out Tonight" fosse um pouco incomum para render um single, ainda era a canção perfeita para abrir o disco ou uma apresentação ao vivo.
Com a rédea solta, porém, a banda estava pronta para explorar os aspectos obscuros de suas obsessões. "All the Fallen Teen Angels," por exemplo, é a prova de que você realmente pode colocar uma batida de reggae em qualquer tipo de música, mesmo pomposa, e mais surpreendente ainda quando se trata de uma canção pop/rock conduzida por sintetizador, mas a questão é: você deseja realmente ouvi-la duas vezes? "Asher Besher", em contraste, mergulha profundamente no território sabbathiano, "The Happening To Me And You" transpira psicodelia, enquanto "Just Came Back" é um blues tradicional. Mas, mesmo com todos os seus meandros sonoros, e contrariando as pretensões de Russell, o álbum possuía atributos comerciais, e se o produtor John Acock tivesse exercido um controle maior, cortando os ocasionais excessos das introduções e focando mais nas músicas, "Lady Killer" teria provocado uma matança (nota minha: um trocadilho com o nome do disco) nas paradas. De qualquer forma, ainda é uma aprazível seleção do rock setentista, executada de modo experimental e refinado (Jo-Ann Greene, AllMusic; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...