segunda-feira, 14 de março de 2016

Captain Beefheart And His Magic Band - Safe As Milk [Bonus Tracks]

Banda: Captain Beefheart And His Magic Band
Disco: Safe As Milk [Bonus Tracks]
Ano: 2009(*)
Gênero: Alternative Rock, Experimental Rock, Avant-Garde
Faixas:
1. Sure 'Nuff 'N Yes I Do (Don Van Vliet, Herb Bermann) 2:10
2. Zig Zag Wanderer (Don Van Vliet, Herb Bermann) 2:35
3. Call On Me (Don Van Vliet) 3:10
4. Dropout Boogie (Don Van Vliet, Herb Bermann) 2:20
5. I'm Glad (Don Van Vliet) 3:22
6. Electricity (Don Van Vliet, Herb Bermann) 3:00
7. Yellow Brick Road (Don Van Vliet, Herb Bermann) 2:50
8. Abba Zaba (Don Van Vliet) 3:35
9. Plastic Factory (Don Van Vliet, Herb Bermann, Jerry Handley) 3:00
10. Where There's Woman (Don Van Vliet, Herb Bermann) 2:05
11. Grown So Ugly (Robert Pete Williams) 2:22
12. Autumn's Child (Don Van Vliet, Herb Bermann) 4:35
13. Safe As Milk [Take 5] [Bonus Track] (Don Van Vliet) 4:11
14. On Tomorrow [Instrumental] [Bonus Track] (Don Van Vliet) 6:56
15. Big Black Baby Shoes [Instrumental] [Bonus Track] (Don Van Vliet) 4:50
16. Flower Pot [Bonus Track] (Don Van Vliet) 3:54
17. Dirty Blue Gene [Instrumental] [Bonus Track] (Don Van Vliet) 2:42
18. Trust Us [Take 9] [Bonus Track] (Don Van Vliet) 7:20
19. Korn Ring Finger [Bonus Track] (Don Van Vliet) 7:26
Créditos:
Don Van Vliet: Vocals, Harmonica, Marimba
Alex Saint Clair: Guitar
Ry Cooder: Guitar, Steel Guitar, Bass
Jerry Handley: Bass
John French: Drums
Mitt Holland: Percussion ("Zig Zag Wanderer", "Dropout Boogie"), Additional Percussion ("Abba Zaba")
Sam Hoffman: Theremin ("Electricity", "Autumn's Child")
Taj Mahal: Additional Percussion ("Yellow Brick Road")
Russ Titelman: Guitar ("Autumn's Child")
(*) LP lançado originalmente em 1967.
http://freetexthost.com/zk6z4akt3z
Biografia:
Don Van Vliet, usando o pseudônimo Captain Beefheart, foi um dos verdadeiros inovadores da música moderna. Dono de um poderoso alcance vocal, ele lançou mão de ritmos idiossincráticos, letras desvairadas e uma profana aliança entre free jazz, Delta blues, música clássica contemporânea e rock & roll, para criar uma sonoridade singular, praticamente incomparável em sua ousada e espontânea criatividade.
Embora nunca tivesse chegado, nem sequer remotamente, perto do sucesso massificado, o impacto de Beefheart mostrou-se incalculável, e suas impressões digitais espalharam-se pelo punk, new wave e post-rock.
Em sua formação original, a Captain Beefheart And His Magic Band era uma banda de blues rock que se apresentava no circuito de bailes de adolescentes; após assinar com a A&M Records, o sucesso do single "Diddy Wah Diddy" propiciou-lhe a gravação de um disco longo.
Entretanto, Jerry Moss, presidente da gravadora, rejeitou o álbum por considerá-lo "muito negativo", e o abatido Beefheart tornou-se recluso. Após o produtor Bob Krasnow remixar radicalmente o alucinante disco "Strictly Personal", sem a aprovação de Beefheart, o músico alheou-se novamente. Ao mesmo tempo, porém, seu velho amigo Frank Zappa criou o selo Straight Records, e convidou-o a gravar com ampla liberdade de criação; Beefheart topou, e depois de compor 28 canções em frenéticas 9 horas, gravou, em 1969, o seminal disco duplo "Trout Mask Replica".
Na sequência de "Ice Cream For Crow", de 1982, Vliet retirou-se do ramo musical definitivamente; retornou ao deserto, passou a morar num trailer e dedicou-se à pintura. Em 1985, montou a primeira grande exposição de sua obra pictória, abstracionista e primitivista, inspirada em Francis Bacon. Como a música, seus quadros ganharam grande reconhecimento, e alguns chegaram a ser vendidos por até 25.000 dólares. Nos anos 90, sofrendo de esclerose múltipla, perdeu completamente a visão. E, por conta da doença, morreu em 17 de dezembro de 2010, na Califórnia, EUA, aos 69 anos (Jason Ankeny, AllMusic; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...