segunda-feira, 15 de julho de 2013

Joe Walsh - Barnstorm

Músico: Joe Walsh
Disco: Barnstorm
Ano: 1972(*)
Gênero: Blues Rock, Classic Rock
Faixas:
1. Here We Go (Walsh) 4:58
2. Midnight Visitor (Walsh) 3:13
3. One And One (Walsh) 1:15
4. Giant Bohemoth (Vitale, Walsh) 4:19
5. Mother Says (Passarelli, Vitale, Walsh) 6:14
6. Birdcall Morning (Walsh) 3:42
7. Home (Walsh) 2:53
8. I'll Tell The World (Gordon) 3:54
9. Turn To Stone (Trebandt, Walsh) 5:16
Créditos:
Joe Walsh: Lead Vocals, Synthesizer (Arp), Guitar, Keyboards, Vocals
Kenny Passarelli: Bass, Guitar, Vocals
Joe Vitale: Flute, Percussion, Drums, Keyboards, Vocals
Paul Harris: Piano ("Midnight Visitor')
Al Perkins: Steel Guitar ("Midnight Visitor')
Chuck Rainey: Bass ('Home')
(*) CD lançado em 1990.
http://tiny.cc/to3yey
Biografia:
A biografia de Joe Walsh, que segue, em tradução livre do inglês, foi extraída do site do músico (o texto foi alterado com o passar do tempo [ficou maior], mas os fatos, obviamente, não se modificaram).
Mais conhecido por seus poderosos solos improvisados de guitarra, Joe Walsh entreteve as massas e cativou seus companheiros por mais de três décadas com clássicos como "Funk #49", "Walk Away", "Life's Been Good" e "Ordinary Average Guy". O catálogo das canções é a verdadeira trilha sonora das nossa vidas. E ele ainda não parou, mesmo depois de lançar "One Day At A Time", em 2005, no DVD "Eagles Farewell", e, mais recentemente, "Guilty Of The Crime" e "Last Good Time In Town", em 2007, no CD da Eagles, "Long Road Out Of Eden".
Junto com o aperfeiçoamento da sua arte, Joe comprometeu tempo e recursos para apoiar a Santa Cruz Island Foundation e a California Innocence Project. Joe também fez várias aparições no "The Drew Carey Show", no "MadTV", bem como no "Politically Incorrect", de Bill Maher.  Ele até apareceu em "animações para a televisão", como Duck Man e Os Simpsons, e tudo isso enquanto trabalhava como DJ.
Walsh tocou com muitas bandas, mas foi em 1969, quando entrou para o power trio de Cleveland, The James Gang, que ele obteve o gostinho do sucesso. Dois dos quatro álbuns que a James Gang lançou em 1970 e 1971 foram discos de ouro. Apesar do sucesso, Joe sentiu que era hora de seguir sozinho. Sem nenhum plano em mente, Walsh fez as malas e rumou para o oeste do Colorado. Lá, ele montou um trio – Barnstorm – e mais tarde, naquele ano, o grupo lançou um álbum homônimo. Ainda sentindo que poderia dar mais de si, Joe decidiu lançar seu primeiro álbum solo em 1973. Esse álbum provou que Joe era um legítimo artista solo, com uma carreira sem limites no horizonte.
Nos quatros anos seguintes, o compromisso de Joe com a sua música mostrou-se infatigável. Em 1976, ele foi convidado pela banda Eagles para substituir o guitarrista Bernie Leadon, trazendo um som mais roqueiro para o grupo. Durante os quatro anos subsequentes, essa formação da Eagles lançou "Hotel California" (que ganhou disco de ouro, chegando ao primeiro lugar na parada da Billboard), bem como "The Long Run" e "Eagles Live" (que atingiram o 1° e o 6º lugar na parada da Billboard, respectivamente). Nesse mesmo período, a energia ilimitada e o entusiasmo musical de Joe levaram-no ao lançamento de dois discos solos: "You Can't Argue With a Sick Mind" (ao vivo) e "But Seriously, Folks...", que ostentou o famoso hit "Life's Been Good".
Enquanto perdurou a inatividade de 14 anos da Eagles, Joe concentrou-se em sua carreira solo. Começando em 1981, com o lançamento de "There Goes The Neighborhood", seguido por "You Bought It, You Name It" (1983), "The Confessor" (1985), "Got Any Gum?" (1987), "Ordinary Average Guy" (1991) e "Songs For A Dying Planet" (1992). Joe também lançou duas coletâneas, "Look What I Did" (1995), composta de 2 CDs, e "Little Did He Know..." (1997).
Em 1994, a Eagles se reuniu para o lançamento de um novo álbum, intitulado "Hell Freezes Over", que alcançou o 1º lugar nas paradas da Billboard e gerou uma das turnês mais bem-sucedidas na história da música. Nada poderia ser melhor do que provar que os críticos e opositores estavam errados – The Eagles ainda estava no topo! E só para apagar qualquer dúvida, a banda foi introduzida no Rock 'N Roll Hall Of Fame em 1998, no primeiro ano em que o grupo foi indicado.
No alvorecer do século, a Eagles começou a trabalhar num muito aguardado álbum de estúdio. Durante a primavera de 2001, a banda fez uma pausa para realizar uma miniturnê pela Europa, que se revelou tão bem-sucedida que o grupo decidiu repeti-la nos Estados Unidos em 2002. A excursão americana arrecadou mais de trinta e cinco milhões de dólares. The Eagles Farewell Tour começou em maio passado e continuou até outubro. Sentindo que a sua jornada ainda não terminara, a banda decidiu viajar por toda a Europa e os Estados Unidos mais uma vez. Ao final de 2005, tinha sido a turnê mais rentável do ano.
Em 2006, Joe voltou para a estrada. Começando com um curto período no exterior com a Eagles, ele foi capaz de voltar às suas raízes com a lendária James Gang para uma turnê de 15 shows nos Estados Unidos. Joe não parou desde então; ele recentemente excursionou com sua banda no verão de 2007 e continuou a trabalhar no aguardado álbum da Eagles chamado "Long Road Out Of Eden". Esse álbum foi oficialmente reconhecido como disco de platina por sete vezes nos Estados Unidos.
Joe atualmente está desfrutando o sucesso do disco mais recente da Eagles, "Long Road Out Of Eden" (2007). Ele está apoiando suas causas mundiais prediletas, excursionando com a Eagles e, em geral, sendo apenas um "cara comum".

2 comentários:

Celsohare disse...

Musicômano, te agradeço pacaray, o maravilhoso trabalho, em prol da boa música e do compartilhamento livre dos sons e das idéias. Parabéns, meu amigo, estou delirando nessas bolachas que distribuis. Sonzera da melhor qualidade. Longa Vida, meu camarada ! Abraço !

Musicômano disse...

Obrigado, Celsohare, pelas palavras de incentivo. Legal mesmo. Um abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...