segunda-feira, 23 de abril de 2018

Tear Gas - Discografia essencial

Banda: Tear Gas
Gênero: Blues Rock, Hard Rock, Art Rock

Disco: Piggy Go Getter
Ano: 1970(*)
Faixas:
1. Lost Awakening (Davey Batchelor, Zal Cleminson) 3:29
2. Your Woman's Gone And Left You (Davey Batchelor, Zal Cleminson) 2:24
3. Night Girl (Chris Glen, Davey Batchelor, Zal Cleminson) 5:42
4. Nothing Can Change Your Mind (Davey Batchelor, Zal Cleminson) 3:34
5. Living For Today (Davey Batchelor, Zal Cleminson) 3:01
6. Big House (Davey Batchelor, Zal Cleminson) 3:38
7. Mirrors Of Sorrow (Chris Glen, Davey Batchelor, Zal Cleminson) 2:56
8. Look, What Else Is Happenin' (Chris Glen, Davey Batchelor, Zal Cleminson) 5:06
9. I'm Fallin' Far Behind (Davey Batchelor, Zal Cleminson, Willie Munro) 2:59
10. Witches Come Today (Davey Batchelor, Zal Cleminson) 3:18
Créditos:
Davey Batchelor: Vocals
Zal Cleminson: Acoustic And Electric Guitars, Vocals
Eddie Campbell: Organ, Piano, Vocals
Chris Glen: Bass Guitar, Vocals
Willie Munro: Drums, Tambourine, Maraccas, Chine Finger Cymbals, Vocals
(*) CD lançado em 1993.
Disco: Tear Gas
Ano: 1971(*)
Faixas:
1. That's What's Real (Zal Cleminson, Davey Batchelor) 6:03
2. Love Story (Ian Anderson) 7:01
3. Lay It On Me (Zal Cleminson, Davey Batchelor) 3:45
4. Woman For Sale (Zal Cleminson, Davey Batchelor) 4:24
5. I'm Glad (Zal Cleminson, Davey Batchelor) 5:51
6. Where Is My Answer (Zal Cleminson, Davey Batchelor) 6:01
7. Jailhouse Rock (Jerome Leiber, Mike Stoller)/All Shook Up (Otis Blackwell, Elvis Presley) 5:51
8. The First Time (Zal Cleminson, Davey Batchelor) 4:51
9. The Temptation Of St. Anthony [Live] (Alex Harvey) 5:05
Créditos:
Davey Batchelor: Vocals & Guitar (faixas 1-8)
Zal Cleminson: Lead Guitar
Chris Glen: Bass
Eddie McKenna: Drums
Alex Harvey: Vocals (faixa 9)
Hugh McKenna: Keyboards (faixa 9)
(*) CD lançado em 1993.

Biografia:
Banda de rock progressivo de Glasgow, Escócia, formada no fim dos anos 60, a Tear Gas, chamada no começo de Mustard – o nome Tear Gas decorreu de uma variação sobre o mesmo tema da denominação anterior –, compreendia, inicialmente, Eddie Campbell (teclados), Zal Cleminson (guitarra), Chris Glen (baixo e vocais), Gilson Lavis (bateria) e Andi Mulvey (vocais). 
Mulvey, que já havia cantado no grupo local Poets, acabou logo substituído pelo tecladista e vocalista David (sic) Batchelor, o mesmo acontecendo com Lavis (que mais tarde tocou na Squeeze), trocado por Richard Monro (sic) (nota minha: no original consta que Munro teria vindo da Mandrake Root, de Ritchie Blackmore; tal banda nunca existiu; o que há é uma polêmica envolvendo a participação de Munro na composição da música "Mandrake Root", da Deep Purple). Foi com esse lineup que a banda gravou seu primeiro disco, "Piggy Go Getter", de 1970, ao típico estilo da época, com longos trechos de guitarra e teclado. A banda, contudo, diferenciava-se pelo espalhafato: "Nós éramos um grupo realmente barulhento. Estávamos habituados a abrir os shows com 'Love Story', da Jethro Tull, que começava muito lentamente e a plateia vinha toda pra frente do palco. 
Então aumentávamos o volume e as pessoas saíam correndo pra fora" (nota minha: no original, não consta quem falou isso). Depois, em 1970, Hugh McKenna entrou no lugar de Batchelor e Ted McKenna (primo de Hugh e ex-membro da Dream Police) assumiu as baquetas. O músico itinerante Ronnie Leahy tocou teclado na ausência de Batchelor, se bem que, até aquela altura, o grupo vivia na penúria, morando amontoado num quarto em Shepherd's Bush, na cidade de Londres. O segundo disco, homônimo, lançado pela Regal Zonophone Records, recebeu uma fria acolhida dos críticos, assim como já ocorrera com "Piggy Go Getter". Apesar de excursionar regularmente, buscando firmar-se, o sucesso só veio quando a banda uniu-se a Alex Harvey, em agosto de 1972, gerando a Sensational Alex Harvey Band (AllMusic; tradução livre do inglês).

3 comentários:

Indignaldo Silva disse...

1. Piggy Go Getter: Link
2. Tear Gas: Link

Jaimemellorock Mello disse...

Este grupo é atemporal, ouço ele todas as vezes como se fosse à primeira! Obrigado, Indignaldo.

Indignaldo Silva disse...

Com quase toda a turma da SHAB, só podia ser bom. Abraço, Jaime.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...