segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Weed - Weed

Banda: Weed
Disco: Weed
Ano: 1971(*)
Gênero: Progressive Rock, Psychedelic Rock
Faixas:
1. Sweet Morning Light (5:50)
2. Lonely Ship (3:16)
3. My Dream (6:34)
4. Slowin' Down (4:34)
5. Before I Die (3:47)
6. Weed (7:14)
Músicas de autoria da banda, salvo "My Dream" e "Weed", compostas por Bodo Albes.
Créditos:
Peet Becker: Drums
Ken Hensley: Piano, Organ, Vocals
Reinhold Spiegelfeld: Bass
Bernd "Molle" Hofmann: Vocals
Werner Monka: Guitar
Rainer Schnelle: Piano
(*) CD lançado em 1991.
Resenha/Biografia:
Em 1971, entre o lançamento dos discos "Salisbury" e "Look At Yourself", da Uriah Heep, Ken Hensley foi à Alemanha para gravar um álbum com uma banda alemã (de Recklinghausen) chamada Virus. 
O grupo daí formado denominou-se Weed, mesmo nome do disco lançado, que, assim como outros álbuns gravados por Hensley nesse período – "Orgasm", com a Head Machine, e o primeiro da Toe Fat, homônimo –, exibe um blues rock progressivo sem firulas, mas, ao contrário de "Orgasm", as letras são menos elaboradas. O resultado dessa colaboração anglo-alemã é realmente muito bom, dentro das suas limitações. A Virus executava um "progressivo space rock" bastante atrativo e lançava discos por conta própria, incluindo "Revelation" e "Thoughts", ambos disponíveis atualmente em CD (Vernon Joynson, in The Tapestry of Delights - The Comprehensive Guide to British Music of the Beat, R&B, Psychedelic and Progressive Eras 1963-1976. Telford: Borderline Productions, 2006, p. 1593; tradução livre do inglês).

2 comentários:

Roderick Verden disse...

Esta erva não tem nada de daninha(rs).
Disco muito bom, com a presença brilhante de Ken Hensley, que não só domina bem os teclados, é habilidoso na guitarra e dono de uma bonita voz.

Pena que o disco é muito curto(31:09), sendo que uma das faixas, de introdução instrumental longa, tem o som super baixo... a gente aumenta, aumenta o volume...

Indignaldo Silva disse...

Acho que a erva, no caso, é outra, mais "viajante"... Também não sei por que fizeram um disco tão curto, porque a química entre os membros da banda e o Hensley é muito boa. Obrigado pelo comentário, Roderick.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...