segunda-feira, 28 de agosto de 2017

The Beau Brummels - Introducing The Beau Brummels [Bonus Tracks]

Banda: The Beau Brummels
Disco: Introducing The Beau Brummels [Bonus Tracks]
Ano: 1998(*)
Gênero: Folk Rock, Psychedelic Rock, Garage Rock
Faixas:
1. Laugh Laugh (Elliott) 2:52
2. Still In Love With You Baby ( Elliott) 2:31
3. Just A Little (Durand, Elliott) 2:21
4. Just Wait And See (Elliott) 2:20
5. Oh Lonesome Me (Gibson) 2:20
6. Ain't That Loving You Baby (Malone) 2:21
7. Stick Like Glue (Elliott) 1:57
8. They'll Make You Cry (Elliott) 3:04
9. That's, If You Want Me To (Elliott) 2:34
10. I Want More Loving (Elliott) 2:21
11. I Would Be Happy (Elliott) 2:38
12. Not Too Long Ago (Elliott) 3:04
13. Good Time Music [Single A-Side, 1965] [Bonus Track] (Sebastian) 3:02
14. Gentle Wanderin' Ways [From Album "Vol. 44", 1968] [Bonus Track] (Elliott) 2:42
15. Fine With Me [From Album "Vol. 44", 1968] [Bonus Track] (Elliot, Durand) 2:14
16. Just A Little [Unissued Demo Version from 1964] [Bonus Track] (Elliot, Durand) 2:22
17. It's So Nice [Demo from 1965] [Bonus Track] (Valentino) 1:45
18. How Many Times [Demo from the April 1965 sessions] [Bonus Track] (Elliott) 2:04
19. She's My Girl [Demo from the Coast Recorders sessions, 1965] [Bonus Track] (Mulligan) 2:25
20. News [Demo, recorded 1965] [Bonus Track] (Valentino) 1:52
21. I'll Tell You [Outtake from the Vol. 2 album sessions, 1965] [Bonus Track] (Elliott) 2:42
22. No Lonelier Man [Demo, recorded 1965] [Bonus Track] (Elliott) 1:58
23. She Loves Me [Demo, recorded 1965] [Bonus Track] (Mulligan) 3:08
24. Tomorrow Is Another Day [Demo, recorded 1965] [Bonus Track] (Elliott) 2:43
Créditos:
Ron Elliott: Lead Guitar, Vocals
Ron Meagher: Bass, Vocals
Declan Mulligan: Rhythm Guitar, Vocals
John Petersen: Drums
Sal Valentino: Vocals
(*) LP lançado originalmente em 1965.
Biografia:
Formada em São Francisco, Califórnia, EUA, em 1964, a Beau Brummels proporcionou um ímpeto vital ao circuito roqueiro emergente da cidade. O vocalista Sal Valentino (nome verdadeiro: Sal Spampinato, nascido em 8 de setembro de 1942, em São Francisco, Califórnia, EUA) já havia liderado o grupo Sal Valentino And The Valentines, que lançou o single "I Wanna Twist/Lisa Marie", em 1962.
Ron Elliott (nascido em 21 de outubro de 1943, em Healdsburg, Califórnia, EUA; guitarra e vocais), Ron Meagher (nascido em 2 de outubro de 1941, em Oakland, Califórnia, EUA; baixo e vocais) e John Petersen (nascido em 8 de janeiro de 1942, em Rudyard, Michigan, EUA, e morto em 11 de novembro de 2007, nos Estados Unidos; bateria, ex-Sparklers) juntaram-se a Valentino e nascia a Beau Brummels, cujo nome foi escolhido em deferência à paixão dos seus integrantes pela música beat britânica. Tocando, basicamente, sucessos da época e material de Beatles e Searchers, o quarteto conseguiu um fã-clube comprometido na comunidade irlandesa de São Francisco, previamente ao ingresso de Declan Mulligan (nascido em 4 de abril de 1938, em County Tipperary, Irlanda; guitarra e vocais) no grupo. Os empresários locais Tom Donahue e Bob Mitchell perceberam a relevância da banda e contrataram-na para a sua nova gravadora, Autumn Records. "Laugh Laugh", o primeiro single da Beau Brummels, atingiu o Top 20 americano em 1964, enquanto o segundo, "Just A Little", alcançou o 8° lugar das paradas no começo do ano seguinte. As duas canções, compostas por membros da banda, eram manifestamente influenciadas pelos seus ídolos ingleses, mas, depois, singles mais inovadores, incluindo "You Tell Me Why" e "Don't Talk To Strangers", enfatizaram a sonoridade americana herdada da Costa Oeste.
Os dois primeiros álbuns da banda exibiram folk, country e R&B. O produtor Sylvester Stewart, posteriormente conhecido pelo nome artístico Sly Stone, esculpiu um som claro e ressonante, que se mostrou muito mais avançado em relação a outros grupos contemporâneos. Elliott surgiu como um compositor diferenciado, enquanto a atuação trepidante e intensa de Valentino revelou-se digna de um líder indiscutível. A prematura partida de Mulligan, em março de 1965, não minou o progresso da banda. A Autumn Records fechou em 1966 e o passe da Brummels foi cedido à Warner Brothers Records. Um novo membro, Don Irving, apareceu no disco subsequente, "66", que decepcionou, com leituras descartáveis de sucessos do momento, prejudicando a credibilidade do grupo.
Irving então saiu, e a banda passou a evitar aparições ao vivo. Petersen decidiu se transferir para a banda Tikis, (mais tarde renomeada como Harpers Bizarre), igualmente famosa na região. O trio restante completou o primoroso "Triangle", um dos discos mais cultos e sutis daquela era. Todavia, a debandada de Meagher, em setembro de 1967, reduziu a banda à dupla Elliot e Valentino. Elliot empreendeu vários projetos paralelos, produzindo e/ou escrevendo singles para Butch Engle And The Styx, além de ceder canções e/ou fazer arranjos para álbuns de Randy Newman, Everly Brothers e Harpers Bizarre. Em 1968, a Brummels, reduzida a um duo, gravou "Bradley's Barn", uma corajosa e primária incursão no country rock. E aí a dupla trilhou caminhos distintos. Valentino lançou três singles, em carreira solo, antes de fundar a Stoneground. Elliott, por seu turno, editou o suntuoso "The Candlestickmaker", formou a desapontadora Pan e então participou, esporadicamente, de gravações como músico de estúdio, exemplificadas no disco "Sailin' Shoes", da Little Feat.
A original Beau Brummels se reagrupou em 1974, sem contar, porém, com Meagher, substituído por Dan Levitt, ex-integrante dos grupos Pan e Levitt And McClure. "The Beau Brummels", lançado em 1975, mostrou uma seleção atraente, mas a banda sofreu um revés no mesmo ano, quando Petersen resolveu aderir a uma reunião da Harpers Bizarre. Peter Tepp assumiu as baquetas temporariamente, mas não havia mais ânimo para levar adiante o trabalho. A partir dali, o grupo reagrupou-se em períodos de curta duração, mas interesses divergente, aliados à saúde periclitante de Elliott, brecaram uma atividade duradoura. Numerosas gravações antigas, muitas até então inéditas, continuaram sendo lançadas, mantendo vivos o nome e a música da banda (The Encyclopedia Of Popular Music. Compiled and edited by Colin Larkin. New York: Omnibus Press, 2007, p. 133; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...