sábado, 13 de maio de 2017

Juicy Lucy - Lie Back And Enjoy It [Bonus Track]

Banda: Juicy Lucy
Disco:  Lie Back And Enjoy It [Bonus Track]
Ano: 2010(*)
Gênero: Blues Rock, Boogie Rock, Hard Rock
Faixas:
1. Thinking of My Life (Paul Williams) 4:31
2. Built for Comfort (Willie Dixon) 6:02
3. Pretty Woman (Paul Williams) 3:13
4. Whisky in My Jar (Micky Moody, Keith Ellis, Paul Williams) 4:00
5. Hello L.A., Bye Bye Birmingham (Mac Davis, Delaine Bramlett) 4:16
6. Changed My Mind (Neil Hubbard, Glenn Campbell) 3:09
7. That Woman's Got Something (Glenn Campbell, Paul Williams, Micky Moody) 2:53
8. Willie the Pimp (Frank Zappa)/Lie Back and Enjoy It (Paul Williams) 7:09
9. I'm a Thief (Glenn Campbell, Chris Mercer, Nigel Thomas) 3:50
Créditos:
Paul Williams: Vocals, Congas, Piano
Glenn Ross Campbell: Steel Guitars, Mandolin
Chris Mercer: Sax, Keyboard
Keith Ellis: Bass Guitar
Rod Coombes: Drums, Percussion
Micky Moody: Guitars
(*) LP lançado originalmente em 1970.
Biografia:
A vigorosa banda de blues rock Juicy Lucy formou-se em 1969, desdobrada da cult banda garageira Misunderstood e reunindo o vocalista Ray Owen, o guitarrista Glenn "Ross" Campbell e o tecladista Chris Mercer. Com as adições do guitarrista Neil Hubbard, do baixista Keith Ellis e do baterista Pete Dobson, o grupo imediatamente emplacou um sucesso no Top 20 do Reino Unido com sua leitura da perene "Who Do You Love", de Bo Diddley, mas seu primeiro LP, homônimo, conseguiu chegar apenas ao Top 40.
O cantor Paul Williams, ex-Zoot Money, o guitarrista Mick Moody e o baterista Rod Coombes substituíram Owen (que abraçou uma carreira solo), Hubbard e Dobson na gravação de "Lie Back And Enjoy It", de 1970. No disco seguinte, "Get A Whiff A This", de 1971, Ellis cedeu o baixo para Jim Leverton. A constante rotatividade do lineup acarretou flagrante prejuízo ao grupo, criativa e comercialmente. Os cofundadores Campbell e Mercer saíram antes do quarto álbum, "Pieces", de 1972, gravado por uma formação improvisada, integrada por Williams e Moody, o tecladista Jean Roussel e a antiga seção rítmica da Blodwyn Pig: o baixista Andy Pyle e o baterista Ron Berg. A Juicy Lucy finalmente dispersou-se pouco depois. Ray Owen utilizou o nome da banda em 1995 para a gravação do disco "Here She Comes Again", com a participação dos músicos Mike Jarvis (guitarra), Andy Doughty (baixo) e Spencer Blackledge (bateria). Alguns anos mais tarde, essa versão da banda extinguiu-se, mas Owen decidiu continuar, especialmente após associar-se ao guitarrista conhecido por Mr. Fish. Problemas legais, contudo, impediram que a nova banda usasse a denominação Juicy Lucy, razão pela qual passou a chamar-se Ray Owen's Moon. Em 2004, o baixista Fudge e o baterista Fletch uniram-se à banda e a questão envolvendo direitos autorais foi resolvida. A nova Juicy Lucy consumiu o ano de 2006 trabalhando em um novo disco e excursionando pelo Reino Unido com a Nazareth (Jason Ankeny, AllMusic; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...