terça-feira, 13 de maio de 2014

Focus - In And Out Of Focus

Banda: Focus
Disco: In And Out Of Focus
Ano: 1970(*)
Gênero: Progressive Rock
Faixas:
1. Focus... (Vocal) (Van Leer, Cleuver) 2:44
2. Black Beauty (Van Leer, Cleuver) 3:08
3. Sugar Island (Van Leer, Dresden, Staal) 3:05
4. Anonymus (Van Leer, Akkerman, Dresden) 6:32
5. House Of The King (Akkerman) 2:51
6. Happy Nightmare (Mescaline) (Van Leer, Dresden, Hayes) 3:58
7. Why Dream (Van Leer, Cleuver) 3:59
8. Focus (Instrumental) (Van Leer) 9:45
Créditos:
Thijs Van Leer: Organ, Piano, Electric Piano, Harpsichord, Vibraphone
Jan Akkerman: Guitar
Martijn Dresden: Bass
Hans Cleuver: Drums, Percussion
(*) CD lançado em 1988.
https://mega.nz/#!DElGzL5R!R9YYALYYTEh-46eKd8yToMA6u4blNI13nbO0XqHXs9A
Biografia:
Comumente lembrada por seu fantástico sucesso nas paradas com "Hocus Pocus", a banda holandesa de rock progressivo Focus foi formada em Amsterdam, no ano de 1969, pelo vocalista, tecladista e flautista Thijs Van Leer, o baixista Martin Dresden e o baterista Hans Cleuver. Com a entrada posterior do guitarrista Jan Akkerman, o grupo lançou o seu primeiro LP, "In And Out Of Focus", em 1970, tornando-se um cult europeu graças ao single "House Of The King".
Dresden e Cleuver foram substituídos pelo baixista Cyril Havermanns e o baterista Pierre Van Der Linden para o subsequente disco em inglês, "Moving Waves", que gerou o hit "Hocus Pocus", um épico alucinante marcado pelas pirotecnias da guitarra de Akkerman e os alucinados falsetes de Van Leer. Sem dúvida uma das músicas mais estranhas a figurar nas paradas pop americanas em todos os tempos, o single atingiu o 9° lugar na primavera de 1973, época em que a Focus já havia trocado Havermanns pelo baixista Bert Ruiter e lançado seu terceiro disco, "Focus III", que rendeu um hit menor, "Sylvia". Na esteira de "Hamburger Concert", de 1974, a banda simplificou as texturas clássicas dos trabalhos anteriores e enveredou para uma abordagem sonora mais pop, cristalizada nos discos "Ship Of Memories" e "Mother Focus". Apesar das contínuas alterações dos seus integrantes ter sido uma constante dor de cabeça para a banda, nenhuma foi mais traumática do que a saída de Akkerman, em 1976, substituído pelo guitarrista Philip Catherine para a gravação de "Focus con Proby", de 1978, que contou com a participação do cantor pop britânico P. J. Proby. Depois disso, a Focus dissipou-se, reunindo-se em 1990, com o lineup original, para um programa especial da televisão holandesa (Jason Ankeny, AllMusic; tradução livre do inglês).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...